Fortaleza, uma cidade em TrAnSfOrMaÇãO!!!


Blog sobre essa linda cidade, com suas praias maravilhosas, seu povo acolhedor e seus bairros históricos.


sexta-feira, 30 de março de 2012

Praças de Fortaleza



Praça da Lagoinha no dia da inauguração (12/07/1930), pelo pref. Álvaro Weyne. Na praça, havia o jardim Tomás Pompeu - Arquivo Nirez


No dia 05 de julho de 1931 foi inaugurado o Jardim Bárbara de Alencar, na Praça José Júlio, hoje Praça Coração de Jesus, pelo prefeito Antônio Urbano de Almeida. Arquivo Jaime Correia


A Praça Caio Prado (da Sé). Em 1903 foi inaugurado o jardim da praça, pelo Intendente Guilherme Rocha. O Jardim recebeu o nome de Jardim Dr. Pedro Borges. A foto é de 1911 e nela podemos avistar lá atrás a Pensão Bitu (o prédio maior) depois Hotel Bitu.
Hoje essa Praça não tem mais o Hotel, nem as grades que a circundavam, somente o monumento de D. Pedro II. Arquivo Nirez


Foto da Praça Caio Prado com um bondinho puxado a burros com empanadas descidas protegendo os passageiros do sol da manhã. Ele atravessa a rua Alberto Nepomuceno no sentido praia sertão. A sombra que podemos ver na foto é da velha . Arquivo Nirez


Estamos na antiga Praça Carolina. A foto data do início da década de 1930, quando, entre a Assembléia Legislativa e o Mercado de Ferro, foi criado vários quiosques de madeira para venda de frutas. Arquivo Nirez


Praça Clóvis Bevilacqua, que já foi Praça da Bandeira e Visconde de Pelotas em outros tempos. Foto de 1936 do Arquivo Nirez


Praça Clóvis Beviláqua - Arquivo Jaime Correia


Praça Clóvis Bevilaqua, na época Praça da Bandeira, vendo-se a fonte e ao fundo a Rua General Sampaio. Foto dos idos de 40/50 - Arquivo Nirez


Outro aspecto da Praça Clóvis Beviláqua - Arquivo Nirez


A Praça Coração de Jesus - Arquivo Marciano Lopes


Aspecto da Praça da Bandeira (atual Clóvis Beviláqua) e ao fundo o prédio onde funcionou a Rádio Educadora Cearense. Arquivo Nirez


Praça da Estação (Castro Carreira) - A foto foi tirada no dia 24 de maio* de 1900. Ali foi inaugurada, nesta data citada, a estátua do general Antônio de Sampaio, ferido mortalmente no dia 24 de maio de 1866 na Batalha de Tuiuti. Foi dado então o nome da Rua General Sampaio, da Rua 24 de Maio e inaugurada a estátua. Ao fundo vemos a Fábrica Proença (local hoje ocupado por um shopping). 

*O 24 de maio da rua é a data da Batalha de Tuiuti onde o general Sampaio foi baleado mortalmente sagrando-se herói nacional. Não tem nada a ver com libertação dos escravos. A grande festa que houve no dia 24 de maio de 1900 foi na Praça Castro Carreira. Esta foto está na direção da Rua Castro e Silva. Os galpões da estrada de ferro ficam à direta da foto.


quinta-feira, 29 de março de 2012

Escola de Música Carlos Gomes


Aula de teoria do professor e maestro Silva Novo – Álbum Fortaleza 1931

Em 04 de março de 1928, funda-se a Escola de Música Carlos Gomes, iniciativa dos maestros Edgar Nunes Freire, e Luigi Maria Smido*, na Rua Senador Pompeu nº 202 (antigo, atual 954) Gilberto Câmara fez o discurso inaugural.

No dia 15 de outubro de 1929, a Escola inaugurou festivamente o Salão Alberto Nepomuceno e a Biblioteca Henrique Jorge.

A professora de piano D. Alice Freire , com um grupo de alunas – Álbum Fortaleza 1931

A primeira aluna diplomada pela escola foi a senhorinha Núbia Gomes que realizou na própria escola, um recital no dia 05 de maio de 1934.

Houve no dia 22 de novembro de 1935, uma atraente festa na sede social da Escola de Música Carlos Gomes, em comemoração ao dia de Santa Cecília, a padroeira da música.

Membros da Escola de Música Carlos Gomes – Álbum Fortaleza 1931


Em 04 de março de 1958 foi comemorado o 30º aniversário da Escola de Música Carlos Gomes, mantida, nesta capital, pelo prof. Edgar Nunes, que o comemora com programa artístico apropriado.

O professor de violino e maestro Edgar Nunes e seus alunos – Álbum Fortaleza 1931

*Morre, no Rio de Janeiro, no dia 16 de agosto de 1943, o conhecido maestro Luigi Maria Smido, que morou muitos anos em Fortaleza, onde fundou, com Edgar Nunes, aEscola de Música Carlos Gomes e dirigiu a Banda de Música do Batalhão de Segurança (Polícia Militar).

Fontes: Cronologia Ilustrada de Fortaleza de Nirez e Revista do Instituto do Ceará (histórico, Geográfico e Antropológico).

Clube dos Diários - Fatos Históricos



Frente e parte do oitão da sede do Club - Álbum Fortaleza 1931

 18 de março de 1913 - Fundado o Clube dos Diários, nascido de uma dissidência do Clube Iracema, e que se instalou no dia 23, no Palácio Guarani, no mesmo local antes ocupado pela Associação Comercial do Ceará.
Depois juntou-se ao Clube Iracema, denominando-se Clube Diários-Iracema.




O Clube em 1913 

O Jardim suspenso - Álbum Fortaleza 1931

 28 de outubro de 1914 - Assassinado, na porta do Clube dos Diários, por Xisto Bivar, caixeiro da Livraria e Papelaria Cearense, o jovem José de Mendonça Nogueira, professor do Instituto de Humanidades do Professor Joaquim da Costa Nogueira, de quem era filho. O assassino foi absolvido no 3º julgamento.

07 de outubro de 1916 - Surge em Fortaleza, a exemplo do que vinha ocorrendo no Rio de Janeiro, a Hora Literária, com reuniões realizadas no Clube dos Diários.



O salão de bailes - Álbum Fortaleza 1931

 15 de junho de 1919 - Fundado, no Clube dos Diários, no Palácio Guarani, o Guarany Foot-ball Club, de Fortaleza, do qual faziam parte Antônio Pinheiro, José Vidal da Silva, Raimundo Cearense, Mozart Pinheiro, Francisco Gomes, Raimundo Girão (futuro historiador), Júlio Craveiro, Moacir Sampaio, Eurico Costa Sousa e Mário Cavalcante.



O salão de bilhar - Álbum Fortaleza 1931

 21 de abril de 1928 - Às 15h30min, no salão nobre do Clube dos Diários, realiza-se a coroação da Rainha dos Estudantes Cearenses, senhorita Maria Helena Martins, que recebe o cetro e coroa da rainha anterior, senhorita Suzana de Alencar Guimarães.
Eleita em concurso promovido pelo jornal A Esquerda, era aluna do Liceu do Ceará e filha do Capitão dos Portos, João Cândido Martins Filho e D. Suzana Martins.




Dr. Levino de Carvalho - Presidente - Álbum Fortaleza 1931

 09 de março de 1930 - Início, no Clube dos Diários, do Primeiro Campeonato Cearense de Xadrez, organizado por Gilberto Câmara que, a 24 de dezembro de 1929, criara no ‘Correio do Ceará’ a primeira secção enxadrística da imprensa fortalezense.



Salão da Diretoria - Álbum Fortaleza 1931

 20 de agosto de 1934 - Às 20 horas, no Clube dos Diários, realiza-se o grande banquete das classes conservadoras ao Embaixador José Américo. O oferecimento foi feito pelo advogado Dr. Francisco Sabóia, e o Interventor Carneiro de Mendonça ergueu o brinde de honra ao Presidente Getúlio Vargas.



Salão de xadrez - Álbum Fortaleza 1931

 11 de maio de 1936 - Eleita primeira Rainha da Imprensa, a senhorita Hildegarda Paracampos Barreto (Hildegarda Barreto), nas quermesses realizadas no Teatro José de Alencar.
Foi coroada no dia 30, juntamente com as princesas Dayse Salgado Flores e Heliete Studart da Fonseca, em festa no Clube dos Diários.
Para a festa da coroação foi composta uma valsa pelo poeta Pierre Luz e o maestro Francisco Soares.

07 de agosto de 1937 - No Clube dos Diários, realiza-se a coroação da Rainha da Imprensa, senhorinha Margarida Holanda, que é saudada pelo Dr. Perboyre e Silva.



Salão de música - Álbum Fortaleza 1931

 28 de maio de 1938 - O Clube dos Diários, em Fortaleza, comemora o 25° aniversário de sua fundação.


 14 de novembro de 1944 - O Clube dos Diários realiza o seu tradicional Baile da República. A meia-noite faz-se ouvir o orador oficial, Cel. Dracon Barreto.

 05 de agosto de 1946 - João Luciano da Mota Carneiro (Luciano Carneiro) vence, o Torneio Vitamínico de Xadrez, no Clube dos Diários.
Depois foi jornalista e hoje é nome de avenida em Fortaleza.


 25 de julho de 1951 - Encerra-se em Fortaleza o XIX Campeonato Brasileiro de Xadrez, o primeiro a ser realizado no Ceará, às 20h, no Clube dos Diários, sagrando-se Campeão Brasileiro o universitário mineiro Eugênio German.
O vice campeonato coube a Luís Gentil.
A promoção foi da Federação Cearense de Xadrez, presidida pelo jornalista (Gilberto Câmara).



 1956 - A sede é transferida para a Beira-Mar

 03 de dezembro de 1960 - Morre, em Fortaleza, num banho de piscina no Clube dos Diários, Francisco Adjafre de Sousa (Chico Adjafre), aos 38 anos de idade.
Era cearense de Cascavel.



Varanda do chá - Álbum Fortaleza 1931

 03 de outubro de 1971 - Numa promoção da Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos do Ceará, a srta. Maryane Vasconcelos Bastos é eleita, no Clube dos Diários, Miss Objetiva do Ceará de 1971.


Matinê do Clube dos Diários. Na foto de 1913, vemos o grupo das meninas.
Acervo Nilson Cruz

Matinê infantil realizada no Clube dos Diários. Agora o Grupo dos meninos em 1913.
Acervo Nilson Cruz

 31 de outubro de 2002 - O Clube dos Diários lança a pedra fundamental de sua nova sede, nas Dunas da Praia do Futuro.
A nova sede deverá estar concluída em março de 2003, com inauguração programada para o mês seguinte.
Dezenas de sócios do Clube e membros da diretoria estiveram presentes no canteiro de obras da nova sede, onde foi descerrada placa comemorativa do início da construção.
Em homenagem ao Brasil e ao Estado, três mudas, de pau-brasil, carnaúba e cajueiro, foram plantadas no local.
Falou o presidente executivo do Clube dos Diários, Antônio Enéas Filho, dizendo que o clube vai ser diferente, atuando para tornar-se auto-sustentável.


Clube dos Diários em 1913. Acervo Nilson Cruz

 30 de junho de 2003 - O Clube dos Diários encerra oficialmente suas atividades na sede da Avenida Beira Mar.
A despedida acontece durante a realização de uma festa junina.
Em agosto, o Clube passará a funcionar no bairro Dunas, no entorno das Faculdades Nordeste - Fanor.
Segundo o superintendente do Clube dos Diários, Jackson Wildson dos Santos, a área total da nova sede terá cerca de 20 mil metros quadrados e seus frequentadores poderão usufruir de salão de festas, restaurante climatizado, sauna, quatro piscinas (uma das quais semi-olímpica), academia de ginástica, alojamentos, centro médico, sala de vídeo, salão de jogos, auditório, quatro quadras poliesportivas e três de tênis, além de um campo de futebol society.





Fonte: Cronologia Ilustrada de Fortaleza de Nirez e Revista do Instituto do Ceará 
(Histórico, Geográfico e Antropológico)