Fortaleza Nobre | Resgatando a Fortaleza antiga : Bar do Chaguinha - O melhor Bar do Benfica [notification_tip][/notification_tip]
Fortaleza, uma cidade em TrAnSfOrMaÇãO!!!


Blog sobre essa linda cidade, com suas praias maravilhosas, seu povo acolhedor e seus bairros históricos.


sexta-feira, 31 de julho de 2015

Bar do Chaguinha - O melhor Bar do Benfica



No dia 02 de fevereiro de 1956, Francisco Ferreira Neto e sua esposa Aradenes Duarte (chamada carinhosamente pelos fieis frequentadores de D. Ará), ambos piauiense, se estabeleciam em nossa capital e abriam um pequeno negócio, na rua João Gentil, 291, onde permaneceu até final de 1991. Se instalou depois no prédio onde funcionou a Mercearia e Armarinho do Sr. Jocana rua Padre Francisco Pinto, 144, esquina com João Gentil.

Há mais de cinco décadas, O Bar do Chaguinha, tradicional reduto boêmio do Benfica, ainda mantinha o cardápio praticamente igual ao da inauguração. As cervejas sempre geladas e as receitas de Aradenes Duarte, esposa do proprietário, que é quem ainda prepara todos os tira gostos da cozinha regional servidos no local. Os pratos são elogiados por todos, mas o destaque vai para o carneiro assado e cozido, além da carne de sol com macaxeira. Seu Chaguinha trouxe a proposta da comida simples e caseira para agradar os clientes.


Chaguinha hoje está com de 85 anos e D. Aradenes, 83. Dedicaram toda uma vida ao bar, foi através dele que conseguiram criar as três filhas do casal.

"Isso aqui pra gente não é um bar, é nossa segunda casa", explica Vanda Duarte, uma das três filhas de Chaguinha, que sempre ajudou os pais a 'tocar' o estabelecimento, desde quando o mesmo funcionava do outro lado da rua Francisco Pinto.

Arquivo da página Oficial do Bar


Fundado há 59 anos no bairro Benfica, o bar onde ninguém entra sem camisa e onde brigas são proibidas é considerado pelos frequentadores como o mais antigo de Fortaleza. O que o diferencia dos demais, conforme os clientes, é o 'clima' familiar.



O Bar do Chaguinha encerrou suas atividades no dia 25 de julho de 2015

"Qualquer coisa que escrevamos aqui não vai conter todos as palavras que descrevem os sentimentos experimentados nesse final de semana, portanto vamos começar por onde der...

O Bar que já foi alvo de várias matérias jornalísticas em jornais, revistas, trabalhos de faculdade ontem encerrou uma era...

Clique para ampliar

Clique para ampliar

Clique para ampliar

Encerrar é muito forte, digamos que a história que tinha que ser contada foi escrita da melhor maneira possível. Querer florear mais que a história propriamente dita seria uma imitação falha.
... No mais, despedimos-nos por aqui com um até breve e um muito obrigado ao Sr. Francisco Ferreira, Sra. Aradenes, Vanda e Família pelos serviços prestados. Foi um prazer!"

Esse texto-despedida não é Oficial do Bar, é de um anônimo apaixonado.




De acordo com Vanda, a decisão de fechar as portas do estabelecimento se deve à avançada idade dos pais, responsáveis até hoje por atender os clientes. 

"Papai e mamãe estão cansados pelo 'peso' da idade. Sei que isto aqui é a essência para ele estar vivo, é um lugar onde ele conversa com os amigos, mas pesa pra ele."

"Já dei o que tinha de dar. Mas olha que comemoração bonita. Não é todo mundo que consegue isso no fim de um bar. Vou sentir mais falta é dessa clientela. Vou sentir muito", desabafa Chaguinha. Em clima de despedida, mas sem se deixar abalar, ele segue seu trabalho.


Conhecido como Seu Lunga do Benfica, seu Chaguinha administrou tudo com a ajuda da esposa, Aradenes. Foi com muito suor que conseguiu sustento a partir do bar, além de fazer grandes amigos.

“Foram 60 anos de luta. Eu tenho 85 anos, já estou cansando. Minha mulher, que me ajudava, também, está cansada. Meus filhos já estão criados. Então ninguém vai mais continuar. Quero distância desse negócio de comércio”, desabafa.


Clique e veja o discurso de despedida do Seu Chaguinha

Os planos são alugar o prédio para algum interessado, na base de um contrato, onde uma das cláusulas será a de não utilizar seu nome. 
“Não poderá utilizar meu nome. Se quiser, que coloque no dele. Vamos alugar nas condições que a gente exigir”, explica.

Lotado, como de praxe, o prédio amarelo de esquina não comportou todo o público presente para celebrar a despedida. Vanda antecipa que há a possibilidade de uma reabertura pontual para comemoração de 60 anos do tradicional e saudoso reduto do samba.




Para matar a saudade:



Créditos: Página Oficial do Bar, Lígia Costa (Jornal O Povo), 
Hayanne Narlla (Jornal Tribuna do Ceará) e pesquisas diversas.

Um comentário:

  1. Muito bom esse site, parabéns. só fiquei na dúvida quanto ao fato de que o bar do Chaguinha "funciobbou de 1956 até 1991" em seguida vem que "fechou definitivamente em 2015"?! e um outro ponto: "se funcionou até 1991 o que seria o atual ponto? já que todos ainda o identificam como "o bar do Chaguinha", eu mesmo semana passada o indiquei para algumas moças em um carro que passavam já descendo a Júlio César, quando me abordaram". Parabéns pelo belo trabalho.

    ResponderExcluir

NOTÍCIAS DA FORTALEZA ANTIGA: