Fortaleza Nobre | Resgatando a Fortaleza antiga : Maracanaú - O maior centro industrial do estado [notification_tip][/notification_tip]
Fortaleza, uma cidade em TrAnSfOrMaÇãO!!!


Blog sobre essa linda cidade, com suas praias maravilhosas, seu povo acolhedor e seus bairros históricos.


segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Maracanaú - O maior centro industrial do estado

Há muito tempo, os índios pitaguaris se encontraram com os colonizadores nas velhas terras do Siará. Formaram aldeias, cambiaram os idiomas, os costumes, as crenças, lutaram entre si e disputaram poderes. Depois chegaram os escravos que araram a terra e construíram açudes nas fazendas. E do amálgama de índios, brancos e negros surgiram os primeiros traços da gente de Maracanaú.

De longe, a história de Maracanaú pode se parecer com as histórias de muitos outros lugares do Brasil. Como a vista de uma paisagem, que disfarça as diferenças, esconde os detalhes e dá ao quadro uma harmonia de conjunto. Mas, basta aproximar o olhar para que se revelem as sutilezas que fazem de Maracanaú um lugar único, marcado com as escolhas que os maracanauenses fizeram a cada passo de seu caminho no tempo.


Embarque em ônibus da Viação Santo Antônio em Maracanaú - Cepimar

O atual território do município, na época da chegada dos primeiros europeus, era habitado pelos índios pitaguaris, Jaçanaú, Mucunã e Cágado. Dos aldeamentos destas etnias, surgiu o povoamento da Lagoa de Maracanaú e, depois, o das lagoas de Jaçanaú e Pajuçara.

Lagoa de Maracanaú antigamente - Foto de Bruno Rafel

No ano de 1649, estes índios receberam a visita dos holandeses, que cartografaram as roças de mandioca e milho, bem como os caminhos indígenas, durante a expedição em busca das minas de prata na Serra de Maranguape e Taquara. As ditas roças de mandioca e milho foram expandidas durante o tempo em que Mathias Beck administrou o Ceará a partir de sua base militar e administrativa: o Forte Schoonenborch.

Maracanaú¹ é a terra adotiva do escritor Rodolfo Teófilo e conhecida como a maior cidade-dormitório do Ceará.


Estação e igreja matriz de Maracanaú - Foto de Bruno Rafel

Possui o segundo maior produto interno bruto per capita do Ceará, estando atrás apenas do município de Eusébio.
A partir de 1870, o povoamento cresce em torno inicialmente da lagoa de Maracanaú e depois das lagoas de Jaçanaú e Pajuçara, fazendo com que os nativos perdessem o controle da então chamada Aldeia Nova.


Padre Teógenes e alunos do Instituto Carneiro Mendonça em Maracanaú - Cepimar

Com a inauguração da linha férrea, em Maranguape, no ano de 1875², houve uma luta para estendê-la até o povoado.
O povoado tornou-se Vila do Santo Antonio do Pitagaury em 6 de maio de 1882.

Maracanaú tornou-se distrito de Maranguape em 1906.

Maranguape conquistou o Distrito Rodolfo Teófilo (Pajuçara), que pertencia a Fortaleza, em 1938. O território passaria a integrar a cidade de Maracanaú com a emancipação que estaria por vir.


Estação de Maracanaú - Provavelmente nos anos 50 - Crédito da foto

O movimento de emancipação começou em 1953, com os tenentes Mário de Paula Lima e Raimundo de Paula Lima.

Uma tentativa bem-sucedida de emancipação ocorreu em 1962, tendo à frente o Padre José Holanda do Vale. No entanto, a emancipação durou pouco. O Golpe Militar de 1964 acabou com todos os municípios criados em 1962.


Antiga Prefeitura de Maracanaú - Acervo de Bruno Fernandes

Nos anos 1970, Maracanaú sofreu uma grande transformação quando foi escolhido para sediar o Distrito Industrial de Fortaleza.

Mais uma tentativa frustrada de emancipação teve à frente o então vice-prefeito de Maranguape, Almir Dutra.

A quarta tentativa de emancipação foi em 1981 com o “Movimento de Integração e Desenvolvimento de Maracanaú”.


Barragem Santo Antônio do Pitaguary na década de 90 - Maracanaú
Acervo de Bruno Rafel

Maracanaú foi finalmente emancipado em 5 de julho de 1983, pela Lei Estadual nº 10.811.

A primeira eleição municipal foi em 16 de dezembro de 1984, elegendo Almir Dutra³.

O Prefeito Almir Dutra foi assassinado em 27 de fevereiro de 1987. A prefeitura passa a ser administrada pelo vice-prefeito José Raimundo.

José Raimundo é afastado do cargo. Assumiu o interventor Alfredo Marques, que permaneceu no comando da prefeitura até outubro de 1988, quando é substituído pelo vereador Anastácio Soares Lima.

Entre os anos de 1989 e 1992, Júlio César Costa Lima esteve à frente da administração de Maracanaú.


O começo do Conjunto Jereissati Anos 90 - Maracanaú
Acervo de Bruno Rafel

Em 1993 assumiu o então eleito Antonio Correia Viana Filho, que renunciou no ano seguinte, ficando a administração sob o comando de Dionísio Brochado Lapa Filho.
Júlio César se apresenta novamente na vida política de Maracanaú como prefeito, permanecendo no cargo por dois mandatos consecutivos, de 1997 a 2004.


Antiga Pracinha de Maracanaú - Acervo de Bruno Fernandes

Roberto Pessoa vence as eleições de 2004 e fica à frente da Prefeitura de Maracanaú.


A economia de Maracanaú está centralizado fundamentalmente no setor industrial, devido ao Distrito Industrial de Fortaleza, o qual possui indústrias de: preparação de britamento e outros trabalhos em pedras (não associados à extração); produtos de laticínio (exceto leite); artefatos têxteis de tecidos (exceto vestuário); artigos para cama e mesa e colchoaria; biscoitos e bolachas; calçados de couro, plástico, tecidos, fibras, madeira ou borracha; fungicidas; herbicidas; defensivos agrícolas; massas alimentícias; material elétrico para veículos (exceto baterias) e medicamentos.


A Estação de Maracanaú em 1975

A agricultura é também uma fonte de renda do município, com plantações de algodão herbáceo sequeiro e plantas aromáticas e medicinais.
A arrecadação de Maracanaú é a segunda maior do estado.
Maracanaú tem a segunda maior arrecadação de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços do Ceará, ficando atrás apenas da cidade de Fortaleza.
A economia da cidade também é impulsionada pelo seu maior centro de compras: North Shopping Maracanaú, o único shopping de toda Região Metropolitana de Fortaleza.

North Shopping Maracanaú - D'Neto


  • ¹O topônimo Maracanaú vem da língua tupi, significando "água de maracanã", através da junção dos termos maraka'nã (maracanã) e 'y' (água, rio). Sua denominação original era Vila do Santo Antônio do Pitaguary. A partir de 1890, adotou seu atual nome.

  • ²Maracanaú figurou como parte de Maranguape até que este, em 1875, viu-se diante de uma grande transformação, com a inauguração da Estrada de Ferro de Baturité e a estação de trem. No século XX, cresceu o povoamento em torno de quatro instituições: o trem metropolitano - ramal Maranguape/Fortaleza, o Sanatório de Maracanaú (hoje Hospital Municipal), a Colônia Antônio Justa e o Instituto Carneiro de MendonçaCentro de Reabilitação de Menores.

Foto de 2007 - Acervo Júnior TST


Em 1983, Maracanaú emancipou-se definitivamente de Maranguape, através da ação política do Movimento Pela Emancipação de Maracanaú, um agrupamentos de políticos com interesses diretamente ligados a Maracanaú.
Os vereadores da Câmara Municipal de Maranguape deram um forte apoio à luta pela emancipação do município.


Avenida Central  - Maracanaú

  • ³Após a conquista da condição de município, o primeiro prefeito eleito foi Almir Freitas Dutra. Ele, no entanto, veio a ser assassinado em 27 de fevereiro de 1987. A prefeitura passou, então, a ser administrada pelo vice-prefeito José Raimundo.

Avenida Central  - Maracanaú

Rua Onze -  Maracanaú

Leia também sobre a Fazenda Raposa


Fontes: http://www.maracanau.ce.gov.br/Cepimar/Wikipédia

15 comentários:

  1. Não poderia deixar de vir aqui te dá um abraço amiga Leila.... um natal de luz e paz nesta nossa Fortaleza linda.

    ResponderExcluir
  2. Olá Leila, me chamo Rafael Brito Gomes (coloquei como anônimo, por que as outras formas não davam certo), e queria fazer uma correção nesta página... a foto a qual você se refere como sendo a do North Shopping Maracanaú não corresponde!!

    Segue o link de um site que possui várias fotos do referido Shopping:http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=453838

    ResponderExcluir
  3. Amei o seu site, obrigada por manter viva varias histórias, estava procurando á tempos uma foto do conjunto jereissati quando construído, e só encontrei aqui, nem no site da prefeitura encontrei, muito obrigada mesmo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico super feliz em conseguir proporcionar essa volta ao passado, Elizabeth! :) Foi um prazer!

      Forte e caloroso abraço

      Excluir
  4. Parabéns. Sou educadora e estava procurando imagens para fazer um trabalho na escola que leciono. Indicarei esta página a meus alunos. Obrigada.

    ResponderExcluir
  5. Olá Nalva, boa tarde!

    Agradeço por indicar a página, os nossos jovens precisam conhecer o passado da cidade, só assim para preservar nosso futuro!

    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Pesquisando a História de Fortaleza, já havia encontrado e utilizado o site "Fortaleza Nobre" para aulas na rede de ensino do referido município. Porém na época não achei a postagem sobre a História de Maracanaú. Muito obrigado pela dica. Vou utilizá-la na minha página.
    Prof. Antonio Ailton Gomes da Silva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ailton, boa tarde!

      Fico feliz demais em saber que o conteúdo do Fortaleza Nobre está sendo utilizado em sala de aula, q maravilha! :)

      Forte abraço e obrigada pelo comentário!

      Excluir
  7. Que maravilha, uma leitura simples e animadora! sou professor de Maracanaú e vou indicar a leitura a meus alunos também.

    ResponderExcluir
  8. Highly energetic post, I loved that bit. Will there be a part 2?
    My web blog ferreteria online

    ResponderExcluir
  9. Olá Leila, bom dia.
    Gostaria de saber em quais fontes você encontrou esses dados sobre a história de Maracanaú, me interessa principalmente as literaturas que fazem referência aos índios dessa época.
    Grata.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As fontes estão no final da postagem, Luana!

      Excluir
  10. parabens Leila!
    estou em MS e bateu uma saudade do meu Maracanaú! obrigado por aliviá-la!

    ResponderExcluir
  11. MEU PAI É MARACANAÚ PROCURA PELOS SEU IRMÃOS OU PARENTES O NOME DE MEU PAI É RAIMUNDO NERO DA SILVA PAI FELIPE GARDELHA DA SILVA LUÍZA ANTONIA

    ResponderExcluir

NOTÍCIAS DA FORTALEZA ANTIGA: