Fortaleza Nobre | Resgatando a Fortaleza antiga : Saudades... [notification_tip][/notification_tip]
Fortaleza, uma cidade em TrAnSfOrMaÇãO!!!


Blog sobre essa linda cidade, com suas praias maravilhosas, seu povo acolhedor e seus bairros históricos.


segunda-feira, 23 de maio de 2011

Saudades...





Amigos, acabo de perder uma parte de mim, meu querido pai. Espero que entendam minha ausência, mas ela será necessária para que eu possa colocar as ideias em ordem. Obrigada pelo carinho de todos! 

Eu ainda pequena nos braços da minha mãe, meu paizinho e meu irmão mais velho

Meu pai amou muito minha mãe... Amou até o último segundo de vida


Nosso último passeio juntos...

Com meu irmão mais novo

Pai, meu pai, sempre te amarei !!!

Falar sobre pai é falar de amor...


Sentir sua falta é algo inexplicável. Mas, tentarei expressar esta saudades, através dessas humildes palavras com muita dor.
Pai... Sinto falta de:

- Sua voz que me aconselhava com ternura;
- Do seu olhar sereno com doçura;
- De suas mãos me reerguerem quando eu caia;
- De seu abraço que me envolvia;


Pai, com sua proteção eu nada temia!

E seus conselhos eram para o meu bem... Pai eu estou com tanta saudades!

Sem invejar, vejo as pessoas que tem pais, que muitas vezes os maltratam com gestos e palavras, não valorizando-os, então penso:

Pai daria tudo para poder novamente:

- Sua mão segurar;
- Seus miúdos olhos a me contemplar;
- Sua voz ouvir;

E ter uma nova chance de dizer: EU TE AMO!


E ser carinhosa, menos teimosa, ter tempo para conversar os seus assuntos preferidos.


Pai e Mãe... Não deveriam jamais morrer. 


Pois, quanto mais se vive é pouco para dizer: Eu te amo PAI!


Quem tem seu pai vivo, não desperdice o tempo, fale sobre o seu amor por ele HOJE... Pois, AMANHÃ pode ser tarde demais...



Não tenho palavras, mas esse texto da Marta Green é exatamente o que sinto nesse momento difícil e muito doloroso...


4 comentários:

  1. Querida Leila,
    quero dizer-lhe do meu mais profundo
    sentimento.A maioria das pessoas, pela ordem natural, passa por momento semelhante. Há 34 anos, o meu pai partiu. A saudade está sempre presente, mas a lembrança que tenho dele, é tão doce, que já não doi..é parte integrante da boas e queridas lembranças.
    Procure conviver bem, traga as lembraças para o presente, sem dor...traga-a, apenas, com amor...

    Abraço apertado, amiga.

    ResponderExcluir
  2. Oi amiga, obrigada pela força e por seu carinho.
    Hoje estou melhor, a saudade é enorme e sei que ela permanecerá comigo para sempre, mas a fé na ressurreição é o que me consola.
    Jesus ensinou que um dia “todos os que estão nos túmulos memoriais” serão ressuscitados. (João 5:28)
    Saber sobre isso e ler as promessas contidas na bíblia é o que está me ajudando a aceitar o que aconteceu. Meu paizinho estava sofrendo muito depois do AVC. Ele sempre foi muito ativo, e ter que depender 100% da esposa e dos filhos estava sendo muito complicado para ele...

    ResponderExcluir
  3. Meus mais sinceros e profundos sentimento. A dor da perda é a mais difícil; Mas seu amor a ele fará com que as boas lembranças superem todo sofrimento.

    ResponderExcluir
  4. Obrigada, Martika!:)
    Toda noite vou dormir e peço
    para Deus diminuir essa dor, não
    só a minha, mas de minha mãe e irmãos.
    Sinto que estou sendo ouvida e que esse
    sofrimento aos poucos se transformará em
    saudade apenas.

    ResponderExcluir

NOTÍCIAS DA FORTALEZA ANTIGA: