Fortaleza Nobre | Resgatando a Fortaleza antiga : Escola Técnica Federal do Ceará - Instituto Federal do Ceará
Fortaleza, uma cidade em TrAnSfOrMaÇãO!!!


Blog sobre essa linda cidade, com suas praias maravilhosas, seu povo acolhedor e seus bairros históricos.


terça-feira, 29 de março de 2011

Escola Técnica Federal do Ceará - Instituto Federal do Ceará



Da Escola de Aprendizes e Artífices (1909) até os dias de hoje.



A origem do IFCE remonta à Escola de Aprendizes e Artífices, criada em 1909 pelo então Presidente Nilo Peçanha, por meio do Decreto n° 7.566, de 23 de setembro. A Escola muda de nome diversas vezes até que, em1968, passa a se chamar Escola Técnica Federal do Ceará (ETFCE), para depois chamar-se Centro Federal de Educação Tecnológica do Ceará (CEFETCE).
A atual instalações foram projetadas pelo arquiteto Emílio Hinko.
Em 1994, a Lei n° 8.948 de 8 de dezembro transforma as Escolas Técnicas Federais em Centros Federais de Educação Tecnológica. Essa mudança, porém, se dá de forma gradual e apenas em 22 de maio de 1999, através de um decreto, ocorre a implantação do CEFET-CE. E, finalmente, por decreto do presidente Lula da Silva institucionaliza-se IFCE.
A mais nova oferta de curso são os Integrados. Esses cursos consistem na integração do Ensino Médio com o Técnico. Os estudantes que concluírem o 9° ano do Ensino Fundamental podem ingressar nessa modalidade de ensino. Os cursos disponíveis são: Edificações,Eletrotécnica, Informática, Mecânica Industrial e Telecomunicações.
No final de 2006, abriram-se os primeiros cursos de engenharia do IFCEEngenharia de ComputaçãoEngenharia de Telecomunicações,Engenharia Mecatrônica e Engenharia Ambiental. O primeiro vestibular ocorreu entre janeiro e fevereiro de 2007, começando as aulas em 2 de maio de 2007 (calendário incomum devido à greve ocorrida no ano anterior).



Instituto Federal do Ceará possui 12 campi distribuídos em todas as regiões do estado do Ceará.
Em Fortaleza, estão localizados o Campus Fortaleza (antiga Sede) e o anexo Aldeota (antiga unidade).
Estão previstas também a construção de um outro campus na capital próximo a Avenida Eduardo Girão e a construção da Reitoria no antigo prédio da extinta COBAL, também próximo à avenida citada.
Há também
  • Campus Maracanaú (antiga UNED Maracanaú)
  • Campus Juazeiro do Norte (antiga UNED Juazeiro)
  • Campus Cedro (antiga UNED Cedro)
  • Campus Quíxadá
  • Campus Sobral (antiga FATEC Sobral)
  • Campus Limoeiro do Norte (antiga FATEC Limoeiro do Norte)
  • Campus Crato (antiga EAF Crato)
  • Campus Iguatu (antiga EAF Iguatu)
  • Campus Acaraú (região norte)
  • Campus de Canindé
  • Campus Crateús (sertão dos Inhamuns)
Entrarão em funcionamento em 2012 os campi avançados de Baturité Tianguá.

Linha do tempo

  • 1909 - Por meio do Decreto de n° 7.566, assinado pelo então presidente Nilo Peçanha, em 23 de setembro é criada a Escola de Aprendizes Artífices. A instituição se instalou na atual Avenida Alberto Nepomuceno, em um prédio, anteriormente, ocupado pela Escola de Aprendizes de Marinheiros.

  • 1914 - A sede da Escola de Aprendizes Artífices se transfere para o imóvel que abrigara a Milícia Estadual, localizado em frente à Praça Nogueira Accioly. A área, atualmente, integra o patrimônio do Teatro José de Alencar.



  • 1932 - Já com 22 anos de existência, a Instituição muda novamente de sede, e passa a funcionar no prédio onde funcionara a Escola de Aprendizes de Marinheiros, no bairro Jacarecanga.
  • 1937 - No governo de Getúlio Vargas, período popularmente conhecido como Estado Novo, a Lei nº 378, de 13 de janeiro, transforma a Escola de Aprendizes Artífices em Liceu Industrial de Fortaleza. A nova Instituição passa a funcionar no prédio que, por longos anos, é sede do Liceu do Ceará, na Praça dos Voluntários, no bairro Jacarecanga.

  • 1940 - Novamente acontece a mudança de sede e o Liceu Industrial de Fortaleza passa a funcionar na rua 24 de maio, nº 230, no Centro de Fortaleza. 
    No mesmo ano, em 17 de janeiro, o Interventor Federal no Ceará, Francisco Pimentel, faz a doação de um terreno de 29.973 m², localizado no bairro do Prado – atualmente Benfica –, para a edificação das instalações da escola.

  • 1941 - Neste ano, um despacho do Ministro da Educação e Saúde, Gustavo Capanema, datado em 28 de agosto, estabelece para a instituição a denominação de Liceu Industrial do Ceará.

  • 1942 - Com a mudança de institucionalidade, pelo decreto nº 4.121, de 25 de fevereiro, recebe a denominação de Escola Industrial de Fortaleza, e passa a oferecer formação profissional para atender à modernização do País com as profissões básicas do ambiente industrial.

  • 1952 - A Escola Industrial de Fortaleza passa a funcionar no prédio localizado na Avenida 13 de Maio, nº 2081 – atual sede do Campus Fortaleza do Instituto Federal do Ceará.

Escola Industrial - Arquivo Nirez

  • 1959 - Mediante a Lei Federal n° 3.552, de 16 de fevereiro, no governo do Presidente da República Juscelino Kubitschek, a Escola Industrial de Fortaleza ganha personalidade jurídica de Autarquia Federal. Passa a ter autonomia administrativa, patrimonial, financeira, incorporando a missão de formar técnicos de nível médio.

  • 1965 - Na regime militar, durante o governo do Marechal Humberto de Alencar Castelo Branco, a Lei nº 4.749, de 20 de agosto, acarreta outra mudança de Institucionalidade e cria a Escola Industrial Federal do Ceará.

  • 1968 - No governo do Marechal Artur da Costa e Silva, a portaria Ministerial nº 331, de 6 de junho, institui a Escola Técnica Federal do Ceará que passa a ofertar cursos técnicos de nível médio nas áreas edificações, estradas, eletrotécnica, mecânica, química industrial, telecomunicações e turismo.



  • 1994 - O Presidente da República, Itamar Augusto Cautiero Franco, sanciona, em 8 de dezembro, a Lei Federal n° 8.948, que permite transformarem-se as Escolas Técnicas em Centros Federais de Educação Tecnológica. A missão institucional é ampliada com atuação em Ensino, Pesquisa e Extensão.

  • 1995 - Governo do Presidente Fernando Henrique Cardoso, na ainda Escola Técnica Federal do Ceará, inauguram-se duas Unidades de Ensino Descentralizadas (UnEDs), nos municípios de Cedro e Juazeiro do Norte, com o objetivo de descentralizar o ensino técnico do estado.

  • 1998 - Protocolizado, no MEC, o projeto institucional para a transformação da Escola Técnica Federal do Ceará em Centro Federal de Educação Tecnológica do Ceará (CEFET-CE).

  • 1999 - O Decreto s/n, de 22 de março, transforma a Escola Técnica em CEFET-CE. Em 26 de maio, o Ministro de Estado da Educação, Paulo Renato Souza, aprova, por meio da Portaria n° 845, o Regime Interno da Instituição.

  • 2004 - Em 14 de setembro, já sob a Presidência de Luis Inácio Lula da Silva, através do Decreto n°5.225, o MEC reconhece a vocação institucional dos CEFETs para ministrar ensino superior de graduação e de pós-graduação lato sensu e stricto sensu.

  • 2007- Marcando o início do projeto de Expansão da Rede Federal, é inaugurada, em 13 de novembro, a UnED em Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza.

  • 2009 - A Lei 11.892/2008, sancionada pelo Presidente Luis Inácio Lula da Silva, cria trinta e oito Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia. O Instituto Federal do Ceará nasceu com nove Campi e conta com mais três, que estão em fase de construção.




Endereço do IFCE:
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará
Av. Treze de Maio, 2081 - Benfica
CEP: 60040-531 - Fortaleza - CE
Fone: (85) 3307.3666
Fax: (85) 3307.3711

9 comentários:

  1. As fotos desse post estão no domínio público? Estou escrevendo um artigo sobre o IFCE e gostaria de poder usá-las. Agradeço uma pronta resposta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entre em contato com o Nirez, as fotos são de seu arquivo: nirez@terra.com.br

      Excluir
  2. Estudei na Escola Industrial de Fortaleza de 1962 a 1965, onde fiz o Ginásio Industrial e cursei Tipografia. Muitas saudades daquele tempo. Muitas saudades dos antigos companheiros e amigos.

    ResponderExcluir
  3. Estudei na EIF de 1960 a 1965, gostaria de comunicar com ex-alunos da época,fins memorias e trocar lembranças.. meu whatsapp 81-998258888 - Paulo Humberto Prado Viana - paulviannah@gmail.com -

    ResponderExcluir
  4. Saudades da época! Fiz mecânica de autos 1960/64... alguém da época, favor contato 81-998258888 - Muito obrigado! Paulo Viana

    ResponderExcluir
  5. Gostaria de encontrar um amigo antigo que estudou lá no ano de 1970 a1973 o nome é José Everton Bezerra ele fez curso de rádio mas não consigo encontrar

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pela matéria. Estudei na ETFCE nos anos 1991 e 1992. Tempo bom. Escola que tinha excelentes alunos que logravam aprovações em cursos tradicionais da UFC, UECE e de outros estados, bem como em Escolas militares concorridas como ITA, AFA, EsPCEx,CN,EEAR e ESA. Estudei esses dois anos no curso de Estradas. Posteriormente, em 1993, fui estudar fora do Estado, construindo vida é carreira longe do CE, mas sempre visitando-o com frequência.

    ResponderExcluir
  7. QUE SAUDADES ESTUDEI NESSA MARAVILHOSA ESCOLA NOS ANOS 1960 A 1963 NA EPOCA ELA ESCOLA TECNICA INDUSTRIAL DE FORTALEZA Sai da formado em eletronica o que e muito util para mim ate hoje pois sou um tecnico em eletronica muito promissor obrigado meu deus

    ResponderExcluir
  8. Boa noite. Estudei na ESCOLA TÉCNICA FEDERAL DO CEARA, era assim denominada à época, no período de 1989 a 1992 no curso de mecânica. Melhor instituição de ensino que conheço.

    ResponderExcluir

NOTÍCIAS DA FORTALEZA ANTIGA: