Fortaleza Nobre | Resgatando a Fortaleza antiga : Conjunto Ceará - O bairro mais populoso de Fortaleza [notification_tip][/notification_tip]
Fortaleza, uma cidade em TrAnSfOrMaÇãO!!!


Blog sobre essa linda cidade, com suas praias maravilhosas, seu povo acolhedor e seus bairros históricos.


quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Conjunto Ceará - O bairro mais populoso de Fortaleza



A História do Conjunto Ceará remonta aos anos setenta.

Dentre os muitos problemas do período destacava-se a questão da habitação, um drama na cidade de Fortaleza que crescia vertiginosamente sob os ventos da modernidade. Em 1971, a capital cearense já possuía 150 mil residências, entretanto, mais de 65 mil famílias viviam desabrigadas. A megalomania do regime militar prometia resolver o déficit habitacional construindo conjuntos residenciais na periferia para a população pobre. Eram casa simples, modestas, espartanas. Enquanto isso, a orla marítima era ocupada por prédios luxuosos, habitados pela “gente bacana” que passava a “monopolizar” a brisa do mar.


Rua 337 por Valmigleison

A área destinada ao Conjunto Ceará foi comprada de um rico latifundiário, o senhor Bezerrinha, também proprietário das terras da Bezerra de Menezes. A região onde hoje estão localizadas a primeira e a segunda etapa era chamada de Estiva, enquanto nas proximidades do canal onde hoje está localizada a quarta etapa era conhecida como Veneza. Bonitos nomes para um canto sem alegria, com poucos encantos.


Creche escola Pintando o 7 na Av. F, II Etapa do Conj. Ceará - Foto de Zemakila


EMEIF João Nunes Pinheiro - Foto de Marcos Sampaio

As primeiras 996 casas padronizadas do Conjunto Ceará somente foram entregues em 1977 pelo Coronel Adauto Bezerra, governador do Estado. Os contemplados em sorteio pelo sistema da COHAB (Companhia de Habitação) recebiam casas divididas em UV’s (Unidades de Vizinhança) e cada UV equivalia a cem residências. Nas propagandas oficiais os militares diziam: “este é um país que vai pra frente” e o Conjunto Ceará era usado para divulgar os feitos do regime militar.




Para além do discurso oficial, a vida dos primeiros habitantes da região não foi fácil. O Conjunto não tinha calçamento, moravam distantes das áreas centrais, sofriam o abandono do poder público com carências de escolas, postos de saúde, áreas de lazer e com um deficiente sistema de transportes coletivos em um conjunto que nem tinha calçamento. Diante da ausência do poder público, os moradores do Conjunto Ceará reinventaram seu próprio espaço numa intensa teia de mutirão e solidariedade, com sentimento de comunidade e cidadania de uma gente humilde, “que vai em frente sem nem ter com quem contar” .





O regime militar acabou graças às mobilizações e lutas patrióticas das forças democráticas, mas o Conjunto Ceará, outrora símbolo do regime, foi esquecido pelas autoridades civis.

O Conjunto Ceará somente voltou ao centro das atenções do poder público em 1988. Naquele ano houve uma acirrada eleição para prefeito da capital. Ciro Gomes somente foi eleito graças a expressiva maioria alcançada na região. Eleito, realizou importantes melhorias no Conjunto. Em 1989, o conjunto habitacional foi emancipado por decreto do governador e tornou-se bairro autônomo, separado da Granja Portugal.





Hoje o bairro continua com graves problemas sociais, contudo já possui uma boa infra-estrutura urbana com bancos, escolas, delegacia. O Pólo de Lazer concentra algumas oportunidades de diversão com destaque para o movimento Hip Hop que agita e conscientiza a juventude do lugar e para a festa da padroeira Nossa Senhora da Conceição, padroeira do bairro que já possui até mansões. Mas não se iluda. A maioria das casas é simples, habitada por uma gente humilde que ainda coloca cadeiras nas calçadas ao fim da tarde para uma prosa com os vizinhos.





O Conjunto Ceará tem de tudo dentro dele e pode-se considerar uma pequena cidade no meio da periferia de Fortaleza. O projeto da COHAB do Ceará no início da década de 1970, foi projetado utilizando o conceito urbanístico de unidade de vizinhança, e foi inaugurado em 1978. A estrutura do bairro é formada por diversas escolas públicas estaduais e municipais, Delegacia de Polícia Civil, Quartel da Polícia Militar, Quartel dos Bombeiros, Hospital Distrital, Posto de Saúde, pelo Terminal do Conjunto Ceará*, Vila Olímpica, Projeto ABC dentre outros equipamentos.



Com diversas festas populares e diversas comunidades que reunem-se rotineiramente.
Terminal do Conjunto Ceará


Terminal em 1993 - Foto Fortalbus 

Há exatos 17 anos, entrava em operação o Terminal Conjunto Ceará, o sexto a funcionar como parte do Projeto do Sistema Integrado de Transporte. Entregue a população no dia 17 de setembro de 1993, o terminal foi construído com recursos da Prefeitura de Fortaleza, sendo seu custo orçado na época em CR$ 70 Milhões.

O terminal beneficiou um dos bairros mais densos e populosos de Fortaleza, operando inicialmente com 12 linhas urbanas e 104 ônibus, atendendo cerca de 80 mil pessoas diariamente. Além das linhas já existentes que passaram a ser integradas, foram criadas mais 02 novas linhas: Conjunto Ceará/Centro e Conjunto Ceará/Centro (Expresso).


Terminal em 2002 - Foto Fortalbus

A unidade de transporte possui 8 mil metros quadrados de área, sendo que desse total, 3 mil formam as dependências construídas. O terminal Conjunto Ceará conta com toda estrutura semelhante aos demais terminais de integração, sendo ele, o de menor demanda de passageiros. Atualmente o Terminal integra 18 linhas, sendo 03 corujões:

015- Conjunto Ceará/Antônio Bezerra 1
036- Conjunto Ceará/Papicu (Corujão)
037- Conjunto Ceará/Aldeota (Corujão)
043- Conjunto Ceará/Lagoa/F. Távora
045- Conjunto Ceará/Papicu Via Montese
046- Conjunto Ceará/Centro (Corujão)
076- Conjunto Ceará/Aldeota
081- Conjunto Ceará/ Antônio Bezerra 2
083- Conjunto Ceará/Lagoa/A. dos Anjos
322- Granja Portugal/Lagoa
324- 1ª Etapa
327- 4ª Etapa
341- Conjunto Ceará I
343- Conjunto Ceará II
345- Conjunto Ceará/Siqueira
357- Conjunto Ceará/ Granja Lisboa
367- Conjunto Ceará/Bom Jardim
385- Conjunto Ceará/Centro

Fatos Históricos
10 de novembro de 1977 - Às 19h, o governador José Adauto Bezerra de Menezes faz entrega das primeiras casas do Conjunto Ceará, na Granja Portugal, com 966 casas.
Era a primeira etapa.


29 de dezembro de 1978 - A Segunda etapa do Conjunto Ceará é entregue, com 2.516 casas.

08 de março de 1979 - Inaugura-se a 3ª Etapa do Conjunto Ceará, no Mondubim.

23 de dezembro de 1981 - Entregue pela COHAB aos moradores, a 4a etapa do Conjunto Ceara, com 3.150 casas.


20 de fevereiro de 1982 - Inauguradas, as estações ferroviárias de São Miguel, antigo Km 10, Conjunto Ceará e Jurema, nos bairros respectivos.

12 de agosto de 1992 - Fundado o Centro Integrado de Educação e Saúde Professor Francisco Edmilson Pinheiro, na Avenida H, s/nº, na 4ª Etapa do Conjunto Ceará, Granja Lisboa.

19 de abril de 1999 - Inaugurada pelo Governo Estadual a Escola de Ensino Médio Liceu do Conjunto Ceará, na Rua 11, 39-A nº 10, Quarta Etapa do Conjunto Ceará.


15 de outubro de 2002 - O Centro de Reciclagem do Ceará - CRC é inaugurado pela manhã no Conjunto Tancredo Neves.
Ele será a unidade gestora do projeto Reciclando, desenvolvido desde março de 2000 pela Secretaria do Trabalho e Ação Social do Estado - Setas e receberá material das 12 unidades coletoras de resíduos sólidos desse projeto.
Depois de ser triado, prensado e enfadado, o material irá para as indústrias.
As unidades coletoras do Projeto Reciclando são do Conjunto Ceará, Serrinha, José Walter, Dias Macedo, Aldeota, Farol, Goiabeiras, Pirambu, João XXIII, Antônio Bezerra, Santa Terezinha e Tancredo Neves.



x_3bb2e903

Fonte: Fortalbus, Portal da História do Ceará e 

Evaldo Lima: A Morada Fortaleza no Conjunto Ceará

10 comentários:

  1. cade as fotos das mulheres bonitas,do conj.ceara.

    ResponderExcluir
  2. Leila sou muito fã do seu trabalho em seu blog, tanto por amar história quanto por amar fortaleza. Contudo adoro meu bairro e gostaria de saber se teria mais informações ou fotos do Conjunto Ceará?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada! :)

      Tem outra postagem maravilhosa do Conj. Ceará:
      http://fortalezanobre.blogspot.com.br/2011/11/conjunto-ceara-o-antigo-carnaubal-da.html

      Basta digitar no Google: Conjunto Ceará Fortaleza Nobre que é o primeiro que aparece, tenho certeza que vc vai gostar muito, inclusive das fotos antigas.

      Abraços

      Excluir
    2. Boa noite

      Morei exatos 17 anos nesse conjunto, mais uma obra excelente do glorioso regime militar ao qual rezo todos os dias para que volte no nosso Brasil. Só assim teremos nossa liberdade, segurança e principalmente nossa dignidade de volta.

      Que Deus salve os militares que lutaram contra a ameça judaica-bolchevista em território brasileiro.

      Thiago Lima , Manaus-am

      Excluir
    3. Boa noite, Thiago, obrigada pelo comentário! :)

      Excluir
  3. Adorei! Muitas saudades desse bairro onde nasci e vivi ate os 25....e onde estão meu melhores amigos e familia. Por enquanto, to morando bem...bem longe....mas com o CC sempre no coração. Parabéns pela pesquisa.

    ResponderExcluir
  4. Muitas saudades deste bairro, pois foram 30 anos q morei lá e um dia pretendo voltar a morar neste bairro. Com tantos assaltos e insegurança, o bairro já foi tranquilo p/ se divertir. Mas hoje parece um deserto, as pessoas não conseguem mais ficar nas calçadas sem serem abordadas por marginais... triste realidade...

    ResponderExcluir
  5. Legal,esse histórico do nosso bairro,que moro há 36 anos


    ResponderExcluir

NOTÍCIAS DA FORTALEZA ANTIGA: