Fortaleza, uma cidade em TrAnSfOrMaÇãO!!!


Blog sobre essa linda cidade, com suas praias maravilhosas, seu povo acolhedor e seus bairros históricos.


domingo, 22 de março de 2015

Pega Pinto do Mundico


O Mundico do Pega Pinto - Agradecimento a Amanda Freitas

Na Fortaleza dos anos 60o refrigerante preferido dos habitantes da cidade era o refresco (ou aluá?) Pega Pinto.


(Foto ao lado: Gervásio tomando o Pega Pinto vendido a R$1,00)

"Trata-se de uma raiz que chegou a ser colhida entre os túmulos do Cemitério São João Batista para poder garantir o consumo. Na Praça do Ferreira, o comerciante Mundico abriu uma lanchonete - ou merendeira? - de apenas uma porta, bem pequena, que tinha como principal produto o Pega-Pinto, delicioso diurético que era servido com tapioca ou pedaço de bolo.




O Pega Pinto do Mundico ficava logo após o cine Moderno na rua Major Facundo.

Depois dos filmes nos cines Moderno, Majestic, São Luiz ou Diogo, a rapaziada lotava o Pega-Pinto do Mundico, que concorria com o caldo de cana da Leão do Sul

O progresso expulsou o Mundico da rua Major Facundo para a Duque de Caxias, perto da Praça do Carmo. Fui embora de Fortaleza e não tive mais notícia da garapeira famosa."  Gervásio de Paula


O aluá está de volta a Fortaleza?

Conforme Gervásio de Paula, o pega-pinto é vendido, atualmente, na lanchonete Azteca, no térreo do edifício da ACI, esquina das ruas Liberato com Perboyre Silva.




Crédito: Blog do jornalista Wilson Ibiapina, Conversa Piaba. 



11 comentários:

  1. Por Favor,Me Mande a Receita do Famoso "Aloar".
    Esqueci como é Feito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ronald!

      Bom, eu nunca fiz, mas consegui a receita pra vc:

      Receita de aluá

      Ingredientes

      4 litros de água
      400g de rapadura
      1 1/2 kg de milho
      2 colheres de sopa bem cheias de cravo
      5 colheres de sopa bem cheias de erva doce
      100g de gengibre
      300g de pão francês
      Açucar a gosto

      modo de preparo

      Lave os milhos e deixe-os secar.
      Torre-os por pouco tempo.
      Pique em pedacinhos.
      Ponha o milho de molho na água bem antes.
      Torre o cravo e a erva doce.
      Acrescente o gengibre já lavado e cortado passe no liquidificador e junte a água e a rapadura.
      Mexa e cubra.
      No dia seguinte, acrescente o pão, mexa com colher de pau e cubra.
      No outro dia, a noite, mexa, coloque para gelar e, prove.
      Caso não esteja doce adicione mais açucar.
      No último dia, pela manhã, passe pela peneira por duas vezes.
      Na terceira vez coloque um pano fino na peneira para tirar todo e qualquer fragmento.

      Excluir
    2. OI leila! sou de Recife.Vc tem a receita do refresco de pega pinto.coloca a raiz na agua e espera fermentar? sabes o endereco ai em fortaleza?

      Excluir
  2. Real? Porque na imagem aparece "R$" se nos anos 60 a moeda era cruzeiro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Laís, a foto do Gervásio tomando o Pega-Pinto a R$ 1,00 é recente, lá na lanchonete Azteca que fica na Liberato com Perboyre Silva. :)

      Beijos

      Excluir
  3. Boa tarde, esse aí é meu avô. Realmente ilustre fundador do "Pega Pinto". Meu pai Almir, ainda está vivo, mas não faz mais o refresco.
    Com certeza, faz parte da história de Fortaleza.
    Andréa Barroso
    ap_barroso@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prazer, Andréa! :)
      Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  4. Respostas
    1. Oi J.Terto, bom dia, amigo!

      Ning melhor para lhe dar essa resposta do que a neta do Mundico, Andréa:
      ap_barroso@hotmail.com

      Abraços

      Excluir
  5. Tinha um que ficava na Duque de Caxias logo da Barão do Rio Branco, num prédio estreito de dois pavimentos, não lembro o nome.

    ResponderExcluir