Fortaleza Nobre | Resgatando a Fortaleza antiga : Avenida Dom Manuel - Fatos Históricos [notification_tip][/notification_tip]
Fortaleza, uma cidade em TrAnSfOrMaÇãO!!!


Blog sobre essa linda cidade, com suas praias maravilhosas, seu povo acolhedor e seus bairros históricos.


sábado, 13 de outubro de 2012

Avenida Dom Manuel - Fatos Históricos


A Avenida é uma das mais antigas de Fortaleza. Seu traçada é do século XIX. Já recebeu o nome de Rua do Barreiro, Boulevard da Conceição, Rua Nº 19, Avenida Dom Luís e finalmente Avenida Dom Manuel.



01/junho/1900 - Fundado, com a denominação de Instituto Miguel Borges, pelo professor Odorico Castelo Branco, o Colégio Castelo Branco que recebeu o atual nome em homenagem a seu fundador, falecido em 1921 e que ficou conhecido até hoje pelo nome de Colégio Castelo.



Ocupou um prédio da Rua Major Facundo nº 156-B (hoje 716 a 724).
Em 1910 mudou-se para a Rua Senador Pompeu nº 24 (hoje 512 - prédio da Sefaz que foi da Imprensa Oficial) e depois foi para a Praça Senador José Júlio (Coração de Jesus), onde ficou até a morte de Odorico.
Teve mudado o nome para Colégio Castelo Branco, foi alienado seu patrimônio para a Arquidiocese de Fortaleza e mudou-se para a Avenida Dom Luís nº 265 (atual Dom Manuel nº339).



24/junho/1925 - Surge em Fortaleza a Padaria Iracema, de Antônio de Oliveira, sucessor de Oliveira & Jerônimo, na Avenida Dom Manuel nºs 335/337 (antigos).



Abril/1934 - Fundada, em Fortaleza, a Padaria Primavera, na então Avenida Dom Luís nº 541 (atual Avenida Dom Manuel), de Joaquim Antônio de Oliveira fabricante das bolachas "Globo" e "Avenida".

16/dezembro/1940 - A Arquidiocese de Fortaleza, adquire o Colégio Castelo, na Avenida Dom Manuel nº 339, que passa a ter direção do padre Lauro Fernandes.

24/outubro/1941 - O Decreto-Lei nº 51, dá o nome à antiga Avenida Dom Luís, de Avenida Dom Manuel.

04/agosto/1942* - Morre, às 6h45min, em Fortaleza, num desastre aéreo, o aluno do curso de pilotagem Edgildo Giordano (Balalaika), de apenas 16 anos de idade.
O avião que pilotava, o Visconde de Taunay, um pipper cub pertencente ao Aero Clube do Ceará, cai no quarteirão entre a Avenida Santos Dumont, Rua Costa Barros, Avenida Dom Luís (Avenida Dom Manuel) e Rua 25 de Março.
Surgiram lendas em torno do acontecido, entre elas a de que Balalaika teria brigado com a namorada e suicidou-se jogando o aparelho que pilotava no quintal de sua amada, na Avenida Dom Manuel.
Seu sepultamento ocorreu no mesmo dia.

17/janeiro/1950 - Grande incêndio destrói totalmente, durante a madrugada, a Serraria São Judas Tadeu, localizada na Avenida Dom Manuel nº 211, de propriedade de Otoni Diniz.

Maio/1956 - Abre-se, em Fortaleza, a Indústria Cearense de Alumínio, na Avenida Dom Manuel nº 1197, dos sócios Odílio Soares e João Clemente Fernandes, este, diretor gerente da Irante.
Na ocasião houve ato de bênção pelo Rvmo. Frei Camilo de Piamborno.


Acervo Botões Para Sempre

06/maio/1963 - Os trabalhos de construção da sede do América Futebol Clube, na Avenida Dom Manuel, entre a Rua Pero Coelho e Rua Pinto Madeira, com fundos para a Rua Rodrigues Júnior, são iniciados na gestão de Aécio de Borba Vasconcelos.


Time do América Futebol Clube - Acervo Botões Para Sempre

30/junho/1963 - Fundada a Associação Cearense de Jornalistas do Interior - Aceji, com sede em prédio na Avenida Dom Manuel nº 423.

15/setembro/1970 - Morre atropelado na esquina da Avenida Dom Manuel com a Rua Pero Coelho, aos 73 anos de idade, o alfaiate, cantor, compositor e instrumentista Manuel Cândido Maciel, que atuava no programa "Coisas que tempo levou", na PRE-9.
É autor da melodia da modinha Vais?, com versos de Quintino Cunha.
Nascera em 02/03/1897.

04/dezembro/1971 - Inaugurada em Fortaleza, na avenida Dom Manuel nº 514, a Casa do Leão, sede de todos os Lions Clubes de Fortaleza, concretizando uma realização do Dr. João Castelo Martins, governador do Distrito L-15.
Em seguida, falaram o governador César Cals e o Sr. Aécio de Borba Vasconcelos.

28/janeiro/1975 - Inaugurada, pelo governador César Cals, na Avenida Dom Manuel, o Instituto de Re-socialização, destinado ao encaminhamento de ex-reclusos à sociedade, mediante assistência social e psicológica e da destinação ao mercado de emprego.


Esta casa ficava na Avenida Dom Manuel nº 148, do chamado lado da sombra, logo no segundo quarteirão, quem morava nela e tinha também seu escritório era o advogado Dr. João O. Siqueira. Depois ele se mudou e a casa passou para José Carvalho.

09/novembro/1977 - O prefeito Evandro Ayres de Moura sanciona lei autorizando a construção da Avenida Parque Pajeú, que terá concorrência pública em 12/12 na Empresa Municipal de Urbanização de Fortaleza - Emurf.
Era para iniciar na Avenida Dom Manuel, atravessar a Rua Pinto Madeira e ir até a Rua do Pocinho.

16/outubro/1981 - Inaugurada a primeira etapa da Avenida Parque Pajeú, trecho compreendido entre a Avenida Dom Manuel, a Rua Pinto Madeira e a Vila Romero, na Avenida Visconde do Rio Branco.
Nada tem a ver com a avenida antes projetada e anunciada, que atravessaria o Centro da Cidade. Nela estão várias esculturas.


Esta casa foi construída por Francisco Caminha, que em 1938 alugou ao professor de inglês Luiz Mozart da Costa e Silva (Mozart Solon), - que está com a família na foto - na Avenida Dom Manuel, que lá morou até 1942.
*Curiosidade: em 04/08/1942 o estudante de pilotagem Edgildo Giordano (Balalaika) caiu nos quintais de três casas. Uma das casas, foi este sobrado.
O número do castelo (sobrado) era 514 da Dom Manuel, ficava entre a Avenida Santos Dumont e a Rua Costa Barros, no chamado lado da sombra.





x_3d0132f6
Livro Cronologia Ilustrada de Fortaleza de Miguel Ângelo de Azevedo e Arquivo Nirez

Nenhum comentário:

Postar um comentário

NOTÍCIAS DA FORTALEZA ANTIGA: