Fortaleza Nobre | Resgatando a Fortaleza antiga : Estádio Governador Plácido Castelo - O gigante Castelão [notification_tip][/notification_tip]
Fortaleza, uma cidade em TrAnSfOrMaÇãO!!!


Blog sobre essa linda cidade, com suas praias maravilhosas, seu povo acolhedor e seus bairros históricos.


terça-feira, 2 de agosto de 2011

Estádio Governador Plácido Castelo - O gigante Castelão


Fase inicial da construção do Castelão, numa região ainda completamente desabitada. -Arquivo O Povo

Autoridades visitam a construção - 1970 - Arquivo Tv Jangadeiro

Com o crescimento da cidade e do estado, faltava um estádio de grande porte que pudesse confortar um número cada vez maior de torcedores cearenses. Vivia-se então sob o Regime Militar, no qual os militares empreenderam uma serie de grandes obras para angariar a simpatia do povo. Foi nessa época que construi-se vários grandes estádios pelo país inteiro. Coube ao então Governador do Estado do Ceará Plácido Aderaldo Castelo dar início a construção de Estádio Olímpico em Fortaleza. Em 1968 foi criada a Federação de Assistência Desportiva do Estado do Ceará (Fadec), para coordenar os trabalhos. O Governador Plácido Castelo queria que o estádio fosse erguido no Bairro do Alagadiço, na zona oeste de Fortaleza. Altos custos para fazer as desapropriações inviabilizaram a ideia. Outras áreas da cidade foram estudadas nos Bairros do Pici e depois no Itaperi. Finalmente uma área de 25 hectares, localizada no Bairro Boa Vista,(local denominado de Porco Barrento) que pertencia a Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza, foi comprada por CR$ 400.000,00 – Quatrocentos Mil Cruzeiros. José Liberal de Castro, Gehard Ernst Borman, Reginaldo Mendes Rangel, Marcílio Dias de Luna e Ivan da Silva Britto foram os cinco arquitetos que assinaram o projeto. O Engenheiro Hugo Alcântara Mota foi o responsável pelo cálculo estrutural.

Anel inferior do Castelão em fase de conclusão - Arquivo O Povo

O estádio foi inaugurado em 11 de Novembro de 1973, pelo então Governador César Cals de Oliveira Filho. Um público calculado de 70.000 pessoas assistiu a partida inaugural entre Ceará e Fortaleza. O chamado Clássico Rei do Futebol Cearense terminou com o placar de 0 X 0.

Quando da inauguracao o estádio possuia somente dois lances de arquibancada. Os dois lados que não possuia lances, lado direito ao portão principal, o murro era de cimento armado, o lado esquerdo ao portão principal o murro era de madeira. O Acesso ao Castelão pela Av. Alberto Craveiro só tinha uma pista de rolagem, a quantidade de veículos foi tanta que as filas chegaram a rua Santa Paula Francinette. O ex-governador Plácido Castelo e o Governador César Cals recepcionaram autoridades do mundo político e esportivo, destacando-se o presidente da extinta CBD, Silvio Pacheco, além do craque Leonidas da Silva, o “Diamante Negro”.


Em 18 de Novembro de 1973 durante o jogo Ceará e Vitória da Bahia, aos 22 minutos do 2º tempo, Erandy Pereira Montenegro, artilheiro do Ceará, marca o primeiro gol no Castelão. 


O Maior Goleador 


José Geraldo Olímpio de Souza, mais conhecido como "Geraldino Saravá", é até hoje o jogador que mais fez gols no Castelão. O recorde está estacionado em 98 gols marcados durante a década de 1970, quando o jogador defendeu os times do Ceará, Fortaleza, Tiradentes e Ferroviário.



Eventos Marcantes

Foto de 1980 - Vendo-se o altar para a visita do papa



Em 9 de julho de 1980, é aberto em Fortaleza o X Congresso Eucarístico Nacional. O Papa João Paulo II participa das celebrações do Congresso e o Castelão recebe o maior público da sua história: 120 mil pessoas. Nesta ocasião, durante o governo de Virgílio Távora, o Castelão passa por reformas, e as arquibancadas do setor inferior são concluídas. Outra celebração religiosa aconteceu em 13 de agosto de1995. Nessa data, ocorre a missa de despedida do então arcebispo de Fortaleza, Dom Aloísio Lorscheider, quando são reunidas 50 mil pessoas no estádio. Diversos shows artísticos são efetuados no grande estádio. Um dos mais marcantes acontece em 10 de Dezembro de1996, quando Xuxa comanda a animação para milhares de crianças.

Cerimônia com o Papa João Paulo II, que reuniu 120 mil fiéis, recorde de presença de público no estádio. Arquivo O Povo 09/07/1980


Início da construção do anel superior das arquibancadas.  Arquivo O Povo

Primeira etapa das obras finalizada, ainda com apenas dois lances de arquibancada no anel superior e os antigos refletores.  Arquivo O Povo

Grandes públicos

Os jogos internacionais, com a presença da Seleção Brasileira de Futebol, sempre proporcionaram a maior presença de público pagante.
O estádio passou por diversas reformas sendo a mais recente em 2002, durante o governo de Tasso Jereissati. Com esta reforma o Castelão incorporou mais conforto e segurança para os espectadores, enquadrando-se nas normas internacionais da FIFA - Fédération Internationale de Football Association. A capacidade de público foi reduzida para 60.326 lugares, todos sentados. A data foi festejada com um jogo da Seleção Brasileira de Futebol contra a Seleção da Iugoslávia.


Governador Virgílio Távora acompanha preparativos no estádio para visita do papa João Paulo II. Arquivo O POVO, 13/5/1980


Castelão já com seus novos refletores. (Antônio Carlos Moura, 29/9/1987)

Estado de conservação precário, na semana anterior ao jogo da seleção brasileira contra o Peru. (Edmundo Sousa, 4/5/1989)

O Castelão é um dos estádios brasileiros que foram eleitos para serem sedes da Copa do Mundo FIFA de 2014, que será realizada no Brasil. O projeto de reforma do estádio prevê a expansão de sua cobertura, que irá cobrir completamente todos os assentos, a construção de um estacionamento subterrâneo com 4.200 vagas e a aproximação da arquibancada inferior, em 16 metros, em relação ao campo. Com estas reformas, a capacidade do estádio passaria para 67.037.
O conceito do projeto é transformar o estádio Castelão em um dos grandes centros olímpicos do País e também um enorme complexo turístico. A nova área terá um shopping, cinemas, restaurantes e um hotel.

Estádio Castelão, 20 anos depois da inauguração. (Antônio Estelita Aguirre, 11/11/1993) 

Jogo entre Flamengo e Botafogo, pelo Campeonato Brasileiro. (José Leomar, 24/9/1995)


O estádio foi fechado, oficialmente, no dia 31 de março de 2011 para a reforma visando a Copa do Mundo de 2014. O último jogo foi válido pela Copa do Brasil de 2011, onde o Ceará levou 35 mil torcedores contra o Brasiliense.
Em um levantamento feito pela revista Veja, o Castelão foi classificado como o “único estádio cujo ritmo da execução orçamentária está adequado”.

Fotos históricas do Castelão - Crédito Fortal
















 
O ano é 1973: Raríssimo postal de inauguração entre Ceará 0 x 0 Fortaleza pelo Campeonato Brasileiro da 1ª divisão. Mais de 70 milpessoas presentes. Acervo Gilberto Simon

Postal com skyline da cidade ao fundo, anos 70






Fonte: Wikipédia

2 comentários:

  1. Nesta vida conheci muitos amigos,mas esse blog realmente é um Sonho De Deus. Pois tem me dado amigos especiais. Amigo não é uma definição escrita ou falada,mas é o carinho o mimo de cada um sem dar,pedir nada. Obrigado pelos mimos,agradeço pelo carinho com o Sonhos De Deus. Gostaria muito de ti ver no feita poesia que é um pouco de mim se gostar me segue e comenta vou ficar muito feliz e vai me dar muito animo esta dificil não conseguir interagir com quem aprendi a amar a cada dia o feita poesia vai me colocar perto de vc ...Uma linda semana iluminada fica com papai do céu ! http://soueufeitapoesia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá Valquiria

    Farei uma visita ao seu blog, pode aguardar!

    Abraços querida

    ResponderExcluir

NOTÍCIAS DA FORTALEZA ANTIGA: