Fortaleza, uma cidade em TrAnSfOrMaÇãO!!!


Blog sobre essa linda cidade, com suas praias maravilhosas, seu povo acolhedor e seus bairros históricos.


quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Fábrica Fortaleza - M. Dias Branco


Publicidade da Fábrica Fortaleza, publicada no Jornal O Povo, em 30/05/1970.



A Padaria Imperial, que mais tarde se transformou em Fábrica Fortaleza, graças ao sucesso de vendas do seu primeiro produto em escala industrial - a bolacha Pepita - cresceu horizontalmente e verticalmente ocupando um quarteirão inteiro, no centro da Capital Alencarina, que já não tinha mais para onde se expandir.

O futuro empresário, Manoel Dias Branco funda a Padaria Imperial. O ano era 1936 e em sua padaria, Dias Branco produzia pães, biscoitos e o macarrão da marca Imperial para a população de Fortaleza. A padaria ficava na movimentada Avenida Visconde do Rio Branco.


Propaganda publicada no Almanaque do Ceará

Em 1940 Manuel moderniza sua empresa, instalando máquinas para produção do macarrão Imperial e expande seus negócios, formando uma sociedade com seus irmãos José e Orlando, criando a empresa M. Dias Branco & Irmãos (O "M" vem de Manoel, o primeiro nome do fundador). Em 1951 a padaria muda de endereço e de nome.  A "Padaria Fortaleza" foi transformada numa fábrica de biscoitos e massas, que recebeu o nome de "Fábrica Fortaleza" em 1953 quando Francisco Ivens de Sá Dias Branco entra na sociedade, mudando o nome da empresa para "M. Dias Branco & Cia. Ltda.". No ano seguinte a empresa então investe em máquinas pesadas e trabalhando em três turnos cria a bolacha Pepita que foi o seu primeiro grande sucesso.



Em 1951 é construída a Padaria Fortaleza, na Rua João Cordeiro. Na foto, a Fábrica em 1955 do Livro Ah, Fortaleza.


Na década de 1960 a empresa passa por grandes mudanças. Em 1962 são lançados novos produtos, dentre eles o biscoito Petit Beure e também é criado o personagem "Fortinho", como mascote da Fábrica Fortaleza, então a única unidade da Empresa. Já no final da década, em 1967 a fábrica passa por sua primeira expansão quando começa a produzir a linha "Extra-Fina".


Em 1962 nasce Fortinho, o mascote da Fábrica Fortaleza

1967 - Inauguração da primeira ampliação da Fábrica Fortaleza; Lançamento da linha de produtos Extra-Fina; Inaugurado o Laboratório de Controle de Qualidade, o primeiro das indústrias cearenses.

Os anos de 1970 foram de consolidação para a Empresa que passou a produzir massas para as regiões Norte e Nordeste, alcançando a liderança nestas regiões. Em 1972 o biscoito cream cracker passa a ser um dos produtos mais populares. Em 1976 a nova sede da Fábrica Fortaleza começa a ser construída na BR-116, km 18, no município de Eusébio (CE), em um terreno de 600.000 m², sendo atualmente uma das maiores fábricas de biscoitos e massas da América Latina. Com o lançamento da linha "Richester" em 1978 a empresa alcança novos patamares de vendas, elevando ainda mais sua participação no mercado.


1972 - Inauguração de novos equipamentos e mais uma ampliação da estrutura da Fábrica Fortaleza.

1976 - Começa a construção da nova sede, na BR-116.

1978 - Lançada a linha Richester de produtos finos.

Em 1980 foi concluída a construção das novas instalações da fábrica de biscoitos e massas, no município de Eusébio (CE), mantendo-se o nome de "Fábrica Fortaleza". Com as novas instalações a empresa expande ainda mais sua produção e atuação no mercado do Norte-Nordeste. Para melhorar a qualidade de seus produtos a empresa cria em 1985 o Centro de Pesquisas e Análises – CPA para certificação e desenvolvimento de novos produtos. Em 1991 a empresa robotiza os sistemas de embalagens de seus produtos.


1980 - Todas as atividades passam a funcionar na nova sede da Fábrica Fortaleza

1984 - Ivens Dias Branco recebe Prêmio Sereia de Ouro e Medalha dos Jesuítas - Amigos de Aquiraz.

Em 1992 a M. Dias Branco expande suas atividades e inaugura a sua primeira unidade de moagem de trigo e produção de farinha e farelo de trigo, constituindo-se no maior moinho do Brasil em capacidade de armazenamento de trigo e derivados. Esse investimento representou o primeiro passo para a verticalização do processo de produção de biscoitos e massas da Empresa. Em 1999 a empresa lança o salgadinho Tot's.


1995 - Falecimento de Manuel Dias Branco, em Portugal

Em 2000 a empresa obtém a certificação ISO 9000 e é eleita pela revista Exame como a melhor empresa do seguimento no Brasil. Ainda em 2000 a empresa inaugura uma nova unidade de moagem de trigo, denominada Grande Moinho Potiguar, em Natal, Rio Grande do Norte, e inicia a construção de nova unidade industrial, abrangendo um moinho de trigo, uma fábrica de biscoitos, uma fábrica de massas e um porto privativo de uso misto. Este complexo é denominado de Grande Moinho Aratu, e está situado no estado da Bahia. Em 2002 é inaugurada uma nova unidade industrial, dedicada à fabricação de margarinas e gorduras vegetais, dando-se o segundo passo para o aprofundamento da verticalização do processo de produção de biscoitos e massas. Neste momento a Empresa já produzia sua própria farinha de trigo e sua própria gordura vegetal, dois dos principais insumos na produção de biscoitos e massas.

Em 2003 a Empresa Adria Alimentos do Brasil Ltda, com sede na cidade de São Caetano do Sul (SP), tem 100% das quotas de seu capital social adquirido pela M. Dias Branco S/A, passando a ser sua controlada integral. Com esta aquisição a M Dias Branco S/A adicionou a sua estrutura de produção as quatro unidades industriais então possuídas pela Adria, sediadas em (São Caetano do Sul-SP), (Bento Gonçalves-RS), (Jaboticabal-SP) e (Lençóis Paulista-SP). Esta aquisição conferiu à M. Dias Branco a liderança destacada nos mercados de biscoitos e massas no Brasil (segundo a Ac Nielsen), adicionando ao seu portfolio as marcas Adria, Zabet, Isabela e Basilar, líderes nas regiões sudeste e sul do Brasil. Ainda nesse ano entra em operação mais um moinho de trigo, localizado no estado da Bahia. Nova unidade industrial de moagem de trigo e outra de fabricação de massas alimentícias, localizada em Cabedelo, Paraíba, começam a funcionar em 2005, as quais operam física e operalmente de forma integrada, além de terem instalados junto a si um novo centro de distribuição regional. Também em 2005 começa a operar uma nova fábrica de biscoitos e outra de massas alimentícias no Estado da Bahia, ambas fisica e operacionalmente integradas ao moinho de trigo lá instalado desde 2003, compondo também um novo centro de distribuição.

O ano de 2006 foi um dos mais importantes para a história da M. Dias Branco S/A por sua abertura de capital, com o início de negociação de suas ações na Bolsa de Valores de São Paulo (BOVESPA), e ingresso no segmento do Novo Mercado, no mais alto nível de governança corporativa exigido no mercado de capitais brasileiro. Com essa iniciativa, aproximadamente 18% do então capital social da Empresa passou, mediante oferta secundária de ações, para as mãos de investidores brasileiros e estrangeiros.

Em 7 de abril de 2008 a empresa adquiriu, através de sua controlada Adria Alimentos do Brasil Ltda, a totalidade do capital social da empresa pernambucana Indústria de Alimentos Bom Gosto Ltda, conhecida pela sua principal marca Vitarella. Com essa aquisição a M Dias Branco S/A, em conjunto com suas controladas integrais (Adria e Ind. Bom Gosto), ampliou a sua já expressiva liderança no mercado brasileiro de massas e biscoitos, consolidando-se, ainda mais, como a maior empresa brasileira nesses mercados. Em novembro de 2009 a Indústrias de Alimentos BomGosto Ltda - Vitarella - passou a ser diretamente controlada pela M Dias Branco S/A, em virtude de cisão parcial da Adria Alimentos do Brasil ltda, com simultânea incorporação do acervo cindido à Vitarella.

Em 26 de abril de 2011 a empresa adquiriu, por intermédio de sua controlada integral Indústrias de Alimentos BomGosto Ltda - Vitarella, a totalidade das ações do capital da NPAP Alimentos S/A, empresa pernambucana que produz e comercializa biscoitos e massas com a marca PILAR, ampliando mais ainda sua já consolidada liderança nacional nos segmentos de biscoitos e massas.


2003 - Fábrica Fortaleza comemora aniversário de 50 anos de existência; Lançamento do livro “Fábrica Fortaleza – 50 anos”, em comemoração aos 50 anos; M. Dias Branco adquire o Grupo Adria, que permitiu ao Grupo M. Dias Branco assumir a liderança na produção de biscoitos e massas na América Latina

Após essa última aquisição, a M Dias Branco S/A, com uma história de mais de 70 anos, é a maior companhia de massas e biscoitos do Brasil, líder nacional isolada nesses segmentos segundo pesquisas da Ac Nielsen, possuindo 12 unidades industriais e 23 centros de distribuição de seus produtos, cobrindo, com equipe própria ou com distribuidores/representantes, todo o território brasileiro, gerando quase 12 mil empregos diretos. A empresa integra o Grupo M Dias Branco, formado por ela própria - controladora - e pelas controladas integrais Adria Alimentos do Brasil Ltda, Indústrias de Alimentos Bomgosto Ltda (Vitarella) e NPAP Alimentos S/A (Pilar).

Lembranças e curiosidades da Fábrica Fortaleza

Visitando a fábrica

Ideia advinda da época em que a Fábrica Fortaleza ainda localizava-se na Rua João Cordeiro, em Fortaleza, que consistia em levar alunos de escolas particulares ou públicas para conhecerem a fabricação dos biscoitos e massas.

Quem conduzia as visitas era o próprio Sr. Ivens Dias Branco, que exibia com orgulho os frutos da acertada parceria que assumiu, em 1950, com o pai Manoel Dias Branco, imigrante português, que em 1927, através de uma pequena padaria deu início às atividades no ramo de alimentos.


Os dois corações da Richester

Um marco importante para a Fábrica Fortaleza foi a criação da marca Richester, intitulando-se qualidade internacional para poder entrar no mercado norte-nordeste sem preconceitos por ser um produto cearense, concorrendo inclusive com os produtos da marca Fortaleza.

A palavra "Richester" não tem uma tradução, um significado específico, mas se a dividíssemos em duas partes poderíamos chegar a seguinte definição: adjetivo RICH (RICO) + complemento ESTER (usado para formar o SUPERLATIVO)= RICHESTER = O MAIS RICO DE TODOS.

Para ser o mais rico de todos a logomarca não podia ser outra, senão dois corações simbolizando a união e a interseção entre quem faz e quem consome os produtos, e por cima deles o nome "Richester".


A Fábrica de Negócios


A Fábrica de Negócios foi construída onde surgiu a primeira sede da indústria de alimentos pertencente ao grupo econômico M. Dias Branco, denominada Fábrica Fortaleza. Esta funcionou durante 29 anos no local, desde 1951 até 1980 quando foi transferida para sua sede atual no município de Eusébio. As antigas instalações da fábrica ficaram desativadas de 1957 até 2008, ano que começaram as obras do maior e mais moderno centro de eventos privado de Fortaleza, a Fábrica de Negócios.

As instalações da antiga Fábrica Fortaleza, na Rua João Cordeiro, voltou ao mercado com a denominação de Fábrica de Negócios. O espaço, anexo ao Hotel Praia Centro, possui a mais ampla e moderna estrutura para eventos, feiras, congressos e seminários. A instalação do equipamento, após ampla reforma, foi uma determinação do Grupo M. Dias Branco, por entender a importância deste complexo para a cidade, o turismo e a hotelaria.

A Fábrica de Negócios ocupa uma área de cinco mil e quatrocentos metros quadrados em três pavimentos: térreo, primeiro e segundo pisos. Os salões estão adaptados para qualquer tipo de evento e têm denominações de metais e pedras preciosas que vão estimular e atrair sorte nos negócios.

O salão principal, no segundo pavimento, denominado Diamante, comporta 1.200 pessoas, tem pé direito de 4,40 metros e pode ser dividido em quatro salas para 180 pessoas e uma para 700 pessoas. Safira, Topázio, Ametista, Esmeralda e Ruby são denominações das outras salas. A estrutura conta com um foyer para até 700 pessoas em coquetéis ou outras recepções. Sala Vip e salas de apoio completam as instalações deste pavimento, totalmente automatizado, com controle remoto de imagem, sonorização, luz e climatização.

O primeiro pavimento está disponível para feiras e comporta 50 estandes de nove metros quadrados. Nesta área estão a Praça de Alimentação e uma cozinha moderna para atendimento a todos os salões. O pavimento térreo tem entrada independente, cinco salas de apoio, recepção, entrada de material para feiras e três elevadores para 15 pessoas cada.

A parte física do prédio se projeta na fachada, nos revestimentos em granito e madeira e nas cores claras. O conceito de modernidade e conforto foi ampliado para o entorno, que conta com um edifício garagem para 380 veículos e estacionamento para seis ônibus.







Créditos: http://www.mdiasbranco.com.br, Memória Benta, Diário do Nordeste

16 comentários:

  1. Querida Leila,

    Adorei tua postagem sobre a Fábrica Fortaleza, confesso que fiquei a saber algo mais do que já sabia, faltou apenas dizer que o espaço da João Cordeiro, tornou-se um belo Hotel do grupo M. Dias Branco, o que não sei se ainda existe, pois, vivo em Portugal, lembro-me bem do Piano Bar... Que noites!
    Lindo o teu trabalho!

    Um Abraço
    Amestista

    ResponderExcluir
  2. Oi linda, bom dia!

    É verdade, são tantas informações que acabamos
    esquecendo de alguns detalhes. rs
    Vou agora mesmo colocar essa preciosa informação na postagem. Obrigada!

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Eu que agradeço o teu trabalho Leila!
    Não sabes como é reconfortante saber mais sobre essa terrinha maravilhosa!
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Querida Leila,

    Tenho que voltar à minha Fortaleza ! E conhecer o que ainda não conheço!
    Curioso mesmo são os nomes de pedras semi- preciosas dados às salas.
    Leia meu perfil do meu Blog e saberá a que me refiro.

    Um abraço

    Ametista

    ResponderExcluir
  5. Volte sim, vc vai se surpreender, Fortaleza está mudada mesmo! :D

    Eu tbm achei bem interessante essa referência para os nomes das salas, foi uma boa sacada, sem sombra de dúvidas.
    Irei ler agora mesmo!

    Abraços linda

    ResponderExcluir
  6. me chamo Adriana brito como a + nova colaboradora da Mdb fico muito feliz de estar trb com uma das melhores equipe de rede alimenticia do Brasil

    ResponderExcluir
  7. queremos biscoitos aqui em sao paulo tambem amo os biscoitos sinto falta

    ResponderExcluir
  8. Adorei o post. Mas, tenho uma pergunta. Qual a data exata de fundação da Fábrica Fortaleza?

    Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O ano é 1953, quando deixa de ser uma padaria (Padaria Fortaleza) e se transforma na Fábrica Fortaleza.

      Abraços

      Excluir
    2. Ei me fala um pouco do laboratorio da Fabrica.estou fazendo um trabalho escolar falando das grandes emprezas do ceará.

      Excluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. UM IMPÊRIO JAMAIS VISTO NO BRASIL COM CERTEZA E O GRUPO M.DIAS BRANCO, E UM AS DAS EMPRESA MAIO DA AMERICA LATINA,QUANDO DEIXA DE SER UMA PADARIA E SE TRANSFORMA NUM GRANDE IMPÊRIO GRUPO M.DIAS BRANCO

    ResponderExcluir
  11. Seria ótimo as empresas investirem em suas logomarcas... Trabalho com criação de fachadas e agora mesmo estou sofrendo para encontrar essa logomarca com qualidade mas, infelizmente não existe!

    ResponderExcluir
  12. Trabalho há 17 anos na Fábrica Fortaleza. Melhor lugar pra trabalhar nesse Estado. Sou muito grato...

    ResponderExcluir