Fortaleza, uma cidade em TrAnSfOrMaÇãO!!!


Blog sobre essa linda cidade, com suas praias maravilhosas, seu povo acolhedor e seus bairros históricos.


quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Associação dos Chauffeurs do Ceará - Associacao Beneficente dos Motoristas do Ceará



Reclame ACC - Assis de Lima

Foi em 1910 a aprovação pelo Governo Federal do primeiro regulamento para o transporte rodoviário, embora o empreendedorismo fizesse com que o presidente do Ceará, Nogueira Accioly no ano de 1908, arriscasse e concedeu privilégio por cerca de dez anos a Júlio Pinto explorar empresa de carros automóveis, objetivando transportar passageiros e cargas. Dentre as cidades e vilas contempladas mencionamos: Maranguape, Itapipoca, Aquiraz, Canindé, Aracati.
Julio Pinto e seu associado Meton de Alencar importando carros, fundaram a Auto Transporte Cearense. O primeiro carro a circular em Fortaleza foi um HAMBLER que aos 28 de março de 1909, rodou na cidade causando apoteose aos que o viram rodar. Foi um veiculo muito precário.
Em 1915, nosso Estado recebeu das mãos do governo um órgão que se destinou peremptoriamente ao controle do serviço de transporte. A Inspetoria fora subordinada à Secretaria de Justiça e Segurança Pública.
A Associação dos Chauffeurs do Ceará (ACC) teve sua fundação aos 19 de julho de 1924, sendo anos depois transformada em Sindicato.

O belíssimo prédio (Hoje à venda) na esquina do cruzamento das ruas Major Facundo com Meton de Alencar - Foto Francisco Edson Mendonça Gomes

Fatos Históricos

 19 de julho de 1924 - Instala-se a Associação dos Chauffeurs do Ceará - ACC, fundada em 25/01/1924, que logo passa a influir culturalmente, fazendo surgir a marca de "Cigarros ACC".
Os fundadores foram Mozart Pinto Damasceno, Henrique Diniz, Mário Pinto de Mendonça, Mário Oton do Amaral Henriques, Raimundo Vieira, Antônio Barbosa, Raimundo Barbosa, Rodolfo Tomé da Cunha, Francisco Alexandre da Silva, Celso Lopes, Paulo Barros, Pedro Tabosa, Francisco Joaquim da Silva, Luís Gonzaga Nogueira, Antônio Santos Barreto, José Coelho, Renato Carneiro, Francisco Gomes do Nascimento e José Correia de Vasconcelos.

Este prédio abrigou a Associação Cearense dos Chaffeurs - ACC, depois Associação Beneficente dos Motoristas do Ceará - Foto Larissa Rego

 28 de agosto de 1940 - Prossegue veemente a campanha d'‘O Nordeste’ contra as conferências que o pastor adventista Gustavo Storcher vem fazendo na sede da Associação dos Chauffeurs.
 
Foto Ricardo Sabadia

 19 de julho de 1944 - Posse do locutor Cabral de Araújo na Presidência da Associação dos Chauffeurs.
 
Foto Sidney Souto

  29 de setembro de 1947 - A Associação dos Chauffeurs do Ceará - ACC reforma seus estatutos, em Assembléia Geral, que são registrados no Cartório Carlôto Pergentino Maia no dia 21/10/1947.
No mesmo consta a criação da Caixa de Auxílios Mútuos.


Fontes: Assis de Lima, Cronologia Ilustrada de Fortaleza de Nirez, Revista do Instituto do Ceará (Histórico, Geográfico e Antropológico) - 1963 e Revista do Instituto do Ceará (Histórico, Geográfico e Antropológico) - 1961

4 comentários:

  1. Como prometido, aqui estou. Leila. Gostei muito do seu blog e vou-lhe dizer uma coisa: acho fantásticas as pessoas que amam a sua terra, as suas raizes e fazem questão de as partilhar com os outros. Já conheço Fortaleza, embora tenha passado lá apenas 2 dias; foi pouco, mas o suficiente para reconhecer que é uma bela cidade, cheia de história, lindas praias e gentes simpáticas. Voltarei lá com certeza um dia. Não o fiz ainda, porque o Brasil é enorme e, apesar de ter vivido aí muitos anos, há estados que ainda não conheço, dando pt prioriade a esses. Muito obrigada por estar a seguir o Começar de Novo e qualquer dia voltarei. Entretanto, aproveito para lhe desejar um feliz Natal e que o ano de 2012 venha com muita alegria, paz e saúde. Fique bem, amiga! Um beijinho
    Emília

    ResponderExcluir
  2. Oi Emília, fiquei muito feliz com o seu comentário, obrigada!
    Espero que depois de conhecer os estados que ainda não conhece, volte ao nosso Ceará e a nossa Fortaleza, será muito bem recebida! :)

    Beijos querida e que o próximo ano seja repleto de muitas realizações, saúde e paz para vc tbm!

    ResponderExcluir
  3. Gostaria de externar minha profunda simpatia por esse trabalho levado a efeito por LEILA NOBRE o qual considero de absoluta utilidade pública, pois, conhecendo o passado temos a oportunidade de caminhar mais seguros rumo ao futuro.
    Nasci e criei-me no quarteirão defronte ao da "Associação dos Chauffers" e lembro-me que o "lay-out" da calçada em frente ao portão principal trazia o nome da entidade gravada diretamente nos mosaicos que compunham o passeio e que há já algum tempo não mais lá estão. Parabéns por essa espetacular página e grato por dividir esse riquíssimo acervo cultural com todos nós que amamos a história.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei lisonjeada por suas gentis palavras, Paulo, muito obrigada! :)

      Excluir