Fortaleza, uma cidade em TrAnSfOrMaÇãO!!!


Blog sobre essa linda cidade, com suas praias maravilhosas, seu povo acolhedor e seus bairros históricos.


quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Os Bancos e as ruas na Fortaleza de outrora



Banco do Brasil, na  Praça Valdemar Falcão - Nirez

Quando cheguei a Fortaleza, aos nove anos, em 1945, na minha resolução de conhecer tudo, numa curiosidade desenfreada, certo dia decidi "atacar" os bancos da cidade. Fiz o balanço e verifiquei que Fortaleza possuía 10 estabelecimentos bancários, todos localizados no Centro. Àquela época, nem imaginaria a ideia de bancos situados em bairros, como agora, onde a comodidade exige a cada dia novas agências, a fim de atender melhor à população.

Palacete Ceará (Caixa Econômica Federal) na esquina da rua General Bizerril e Guilherme Rocha

Há mais de seis décadas, nossa Capital contava com os seguintes bancos: Banco do Brasil, na Praça Valdemar Falcão, paralelo ao prédio do Correio e Telégrafo; Caixa Econômica Federal do Ceará, naquele prédio antigo que novamente voltou a ocupar, na esquina das ruas General Bizerril e Guilherme Rocha.

Prédio do qual funcionou o "London Bank". Na época da foto, já ocupado pela Losango Promotora de vendas Ltda - Nirez

O London Bank, na esquina das ruas Barão do Rio Branco e São Paulo; Banco de Crédito Comercial, na esquina das ruas Floriano Peixoto e São Paulo; Banco Frota & Gentil, instalado num dos mais belos prédios de Fortaleza, na esquina das ruas Floriano Peixoto e Senador Alencar; Banco São José, pertencente à Arquidiocese, na Rua Guilherme Rocha, esquinando com as ruas General Bizerril e do Rosário.

Banco Frota e Gentil - Postal de 1925


Banco Frota e Gentil numa propaganda de 1929

Banco dos Proprietários, na Rua Barão do Rio Branco, entre as ruas Guilherme Rocha e São Paulo; Banco dos Importadores, no térreo do Palácio Guarani, na esquina das ruas Barão do Rio Branco e Senador Alencar; Banco União, no térreo do Palácio do Comércio, esquina da Rua Floriano Peixoto com a Praça Capistrano de Abreu; Banco do Comércio, na esquina das ruas Floriano Peixoto e Castro e Silva.


O Banco dos Importadores no Palacete Guarani - Foto de 1908 - Arquivo Nirez

Bco dos Importadores - 1929

Observa-se que dessa dezena, eram agências únicas na cidade. O Banco de Crédito Comercial possuía pequena rede, com agências nas cidades mais importantes do Interior do Estado. Outra curiosidade: exceção ao Banco dos Proprietários, todos os outros ocupavam esquinas.


Banco União, no térreo do Palácio do Comércio - Foto da época da Inauguração do prédio - Nirez


Ruas de Jacarecanga

A partir da Praça do Liceu, a atual Avenida Cel. Philomeno Gomes era Boulevard de Jacarecanga, a Rua Otto de Alencar era Rua Natal, a Rua Agapito dos Santos era Rua da Concórdia, a Rua Padre Mororó era Rua São Cosme, a Rua Tereza Christina era Rua do Paiol, a Rua Princesa Izabel era Rua Santa Izabel, a Avenida do Imperador era Rua 15 de Novembro.

Travessas: Rua Castro e Silva era Travessa das Flores, a Rua Senador Alencar era Travessa das Hortas, a Rua São Paulo era Travessa das Belas, a Rua Guilherme Rocha era Travessa da Municipalidade, a Rua Liberato Barroso era Travessa das Trincheiras.


Marciano Lopes



x_3bcd90ab


Fonte: Reportagem do Diário do Nordeste Publicada em 4 de fevereiro de 2007

Nenhum comentário:

Postar um comentário