Fortaleza Nobre | Resgatando a Fortaleza antiga : Padaria Palmeira [notification_tip][/notification_tip]
Fortaleza, uma cidade em TrAnSfOrMaÇãO!!!


Blog sobre essa linda cidade, com suas praias maravilhosas, seu povo acolhedor e seus bairros históricos.


domingo, 26 de junho de 2011

Padaria Palmeira




Para a nossa Fortaleza de Senhora da Assunção, vieram muitos portugueses e dentre outros o senhor Albano Ferreira da Silva, proprietário de uma padaria, cujo nome - Padaria Palmeira, situado no centro da cidade, fundada em 1908, na rua Senador Pompeu n.º 174 (lado da sombra), com aproximadamente 15 (quinze) metros de largura, esquina com a rua Guilherme Rocha, com meio quarteirão de fundos, em direção a rua General Sampaio.


Pelo lado externo do prédio com janelas em formato de rótula, cujas paredes em baixo relevo, pintadas com tinta verde da cor da bandeira portuguesa. Nas fachadas pelas ruas Senador Pompeu e Guilherme Rocha em letras prateadas formadas de alto relevo, destacando o nome ´Padaria Palmeira´. Na parte interna do prédio, existia um grande balcão de pedra de mármore italiano com fiteiro iluminado. Na parte externa, com frente para rua Guilherme Rocha, um fiteiro grande com porta envidraçada, onde poderia ser vista pelos dois lados, guarnecidas variadas iguarias da doceria portuguesa, como biscoitos, queijadinhas, papo de anjo, polvilho, suspiros, língua de mulata, filhoses, bolos pão-de-ló, bolinhos e os insuperáveis e inesquecíveis ´pasteis de nata´ ou ´pasteis de Belém´, empadas de camarão, com recheio de azeitona preta, etc.


Quem passava pela rua Guilherme Rocha em frente à Padaria Palmeira, era naturalmente atraído por aquela vitrine petisqueira feericamente iluminada e recheada por apetitosos acepipes, ou para adquirir pães bem quentinhos, bolo de batata, bolo de milho, pé de moleque, bolo de macaxeira e carimã, tapioca, bolacha e apreciada massa de macarrão talharim com esmerado preparo, tornando aquele espaço comercial num agradável passa-tempo, a quem na espera de ser atendido pelos caixeiros quase sempre portugueses que nos momentos dos finais das tardes, mais pareciam com as lançadeiras, com rapidez tornar o atendimento da freguesia, para ali se dirigiam.
Zenilo Almada

Fatos Históricos

  • 01 de Janeiro de 1923 - Instalou-se, na esquina da Rua Senador Pompeu nº 174 (antigo, atual 882) com Rua Guilherme Rocha, a Padaria Palmeira, da firma Ferreira da Silva & Cia. Ltdade Firmino Ferreira da Silva e Albano Ferreira da Silva, que além de panificação abraçava também o ramo de torrefação com o Café PalmeiraAntes desta instalação já existia o estabelecimento.

  • 17 de Junho de 1935 - Falece, em Fortaleza, o Sr. Albano Ferreira da Silva, oriundo de Portugal e proprietário da ‘Padaria Palmeira’, localizada na esquina da rua do Senador Pompeu com Cel. Guilherme Rocha, precisamente na casa que pertenceu ao Ilustre Senador Pompeu.

  • 24 de Dezembro de 1955 Falece, em Pardilho, Portugal, D. Guilhermina Rosa Nunes de Azevedo, viúva de Albano Ferreira da Silva, que foi proprietária da Padaria Palmeira, e genitora de Tiago A. Ferreira da Silva.

Fonte: Portal da História do Ceará e Nirez

Nenhum comentário:

Postar um comentário

NOTÍCIAS DA FORTALEZA ANTIGA: