Fortaleza Nobre | Resgatando a Fortaleza antiga : Antiga Sé - Igreja de São José
Fortaleza, uma cidade em TrAnSfOrMaÇãO!!!


Blog sobre essa linda cidade, com suas praias maravilhosas, seu povo acolhedor e seus bairros históricos.


terça-feira, 20 de julho de 2010

Antiga Sé - Igreja de São José


A Ordem Régia de 16 de fevereiro de 1699 resolvia sobre a construção de uma igreja, que foi a primeira capela-mor da Matriz de Fortaleza, cuja construção foi autorizada por Ordem Régia de 12/2/1746.

A igreja foi terminada por volta de 1795, mas em 1821, foi demolida e em seu lugar levantada uma outra que foi inaugurada após 34 anos, em 1854 e é a que vemos na foto mais antiga que data de 1938.

Foi dia de festa em Fortaleza, em 2 de abril de 1854, quando foi inaugurada a Igreja de São José, que ainda não estava completamente pronta.

O primeiro bispo do Ceará foi Dom Luís Antônio dos Santos. Sua posse se deu no dia 29 de setembro de 1861, passando a antiga Matriz a Catedral.

Em 11 de setembro de 1938, ano da foto mais antiga, realiza-se a última missa na Catedral Metropolitana de Fortaleza (Igreja de São José), sendo transferida a imagem de São José para a Igreja do Rosário, para ser dado início a sua demolição que foi registrada em filme de 9.5mm (Pathé Baby) por Rubens de Azevedo, para a Sociedade dos Amadores de Cinema, mas as imagens perderam-se no tempo.

No dia 15 de agosto de 1939, é lançada a pedra fundamental da Catedral Metropolitana de Fortaleza (Igreja da Sé), a atual, que também levou mais de 40 anos para ser construída, no mesmo local da que fora demolida, cerimônia oficiada pelo Arcebispo Metropolitano Dom Manoel da Silva Gomes.
Na foto mais antiga, que data de 1938, colhida pela objetiva da Aba Film, vemos além da Igreja e da estátua de D. Pedro II, um bonde elétrico, combustores a gás, do lado direito casas que não mais existem e ao fundo, parte do Palácio do Bispo, hoje Paço Municipal.

A segunda foto, do fotógrafo Osmar Onofre, mostra a Catedral atual, a estátua de D. Pedro II e algumas árvores. A praça estava em obras, pois houve a implosão do Fórum Clóvis Beviláqua e a Praça Caio Prado ganhou aquele terreno, passando a ter espaço muito maior. A última foto já foi tirada após a reconstrução da praça.

Crédito:Portal da História do Ceará

8 comentários:

  1. Ouvi mitas vezes minha mãe reclamar da "papeleta amarela' que vinha anexa à conta de luz, pedindo Cr$l.00(?)de colaboração para a construção da nova SÉ. Passei muitos anos vendo,todos os meses,essa papeleta.. rsrsrsr
    Papai pagava com todo o seu amor pela igreja, êle que foi: Confrade Vicencino, Mariano e Franciscano, pois, pois. Mamãe "blasfemando" contra Dom Manoel com papai na grande defesa.
    Não tomo partido, mas que a antiga Sé era linda lá isso era!!! Que fosse erguida uma nova,em outro terreno? Eis a questão!!
    Boa tarde, amiga.
    Lúcia

    ResponderExcluir
  2. rsrsrs engraçado é que levou 30 ANOS (nossaaa levou praticamente minha vida toda, tenho 32¬¬) para ser construida e quando foi inaugurada, ainda não estava pronta. :O

    ResponderExcluir
  3. O que aconteceu alí (com relação à minha família)foi tão desolador(não encontro melhor termo) quanto os livros da Fenix Caixeiral.
    Conta meu pai(tenho anotações) que o Mestre João Francisco de Oliveira(aquele!!!)teria construido
    o órgão da SÉ (pela época foi na 2ª"versão.rsrsr)a da foto, de 1854. O "mestre dos vários ofícios", no dizer de João Brígido, tmb teria construido o altar (porquanto era marceneiro, escultor, músico, fotógrafo(em daguerriótipo))
    Na demolição pouco restou....."ninguem sabe, ninguém viu", pra variar, né, amiga?
    Na igreja da Prainha, o primeiro órgão o "mestre" JF construi, altares e desenhos dos azulejos....e, segundo meu pai, o Cristo que está
    à frente da Igreja. Já esive pesquisando lá, ninguém sabe de nada....aí desisto

    Boa noite, amiga!

    ResponderExcluir
  4. É um descaso muito grande, não se tem respeito pela memória de ninguém, que absurdo!!!

    Acredita que já deixei de fazer várias postagens por falta de material? Chego a revirar jornais, revistas, internet e não acho nada relevante, como se aquele patrimônio tivesse surgido do nada, como se não houvesse alguém responsável por tal obra...lamentável!

    ResponderExcluir
  5. Fico tão indignada, que esqueci até de lhe desejar uma linda noite, sorry! rsrs

    ResponderExcluir
  6. meu pai FRANCISCO FERNANDES DE OLIVEIRA E FRANCISCA ESTER DE OLIVEIRA AMO MEUS PAIS.

    ResponderExcluir
  7. muito boa as historias de fortaleza antiga. pois gostaria de ter vivido tambem esta epoca gostosa. so tem historias bonitas.

    ResponderExcluir
  8. muito linda as historias de fortaleza. gostaria de ter vivido esta epoca gostosa.

    ResponderExcluir

NOTÍCIAS DA FORTALEZA ANTIGA: