Fortaleza, uma cidade em TrAnSfOrMaÇãO!!!


Blog sobre essa linda cidade, com suas praias maravilhosas, seu povo acolhedor e seus bairros históricos.


segunda-feira, 3 de maio de 2010

Memória do Rádio Cearense: Personagens para sempre - Parte III


Eduardo Campos


Eduardo Campos (Manoel Eduardo Pinheiro Campos também natural de Guaiúba, Município de Pacatuba, no Ceará. Formou-se em direito pela Faculdade de Direito do Ceará, em 1948. Seu primeiro trabalho para o rádio foi uma peça, de 2 atos, baseada no processo criminal de Maria Antonieta.

A peça agradou e ele tomou gosto. Ficou então (1944) trabalhando na PRE-9 como redator e locutor, passando daí em diante por todas as fases do trabalho do homem de rádio: locutor, animador, rádio-ator, produtor.

São de sua autoria as seguintes novelas : Sombras do mal, Inspiração, Aos pés do tirano, respectivamente com 12, 13 e 25 capítulos. Essas novelas foram irradiadas nas Associadas do norte (Potí, Ceará Rádio Clube e Bar é). É ele o autor do programa humorístico "As aventuras do Dr. Galião", criando os populares personagens — Dr. Galião, D. Celeste e "seu" Fifi. Atuou, com Aurélio Campos, na Tupi-Rio, em 1946.

Para a Tupi tem escrito vários trabalhos. Para o Rádio Jornal do Comércio escreveu o programa de 30 minutos — "Cosmorama" (1949). Obras de sua autoria (todas publicadas) : Águas Mortas, Face Iluminada, A Viagem Definitiva (livros de contos) e O Demônio e a Rosa (teatro). O último trabalho foi aproveitado pela Rádio Tupi de São Paulo no seu teatro das 13 horas. Eduardo Campos é diretor do Departamento Artístico da Ceará Rádio Clube.

Da esquerda para a direita: Luís Assunção, maestro Airan Pacheco e Manuelito Eduardo.


Da esquerda para a direita: João Ramos, Dermival Costa Lima (diretor que deixava a Direção Artística da Ceará Rádio Clube); Antônio Maria (que assumia); José Júlio Cavalcante, Manuelito Eduardo e Maestro Mozart Brandão.




Nenhum comentário:

Postar um comentário