Fortaleza Nobre | Resgatando a Fortaleza antiga : As Igrejas e suas arquiteturas [notification_tip][/notification_tip]
Fortaleza, uma cidade em TrAnSfOrMaÇãO!!!


Blog sobre essa linda cidade, com suas praias maravilhosas, seu povo acolhedor e seus bairros históricos.


quinta-feira, 19 de agosto de 2010

As Igrejas e suas arquiteturas


Primeira Igreja Presbiteriana de Fortaleza

Postal Igreja do Rosário, início do séc. XX

Construcão do século XVIII, a primeira edificação da cidade.
Tombamento Estadual de 1983
Localização: Praça General Tibúrcio - Centro
Prédio mais antigo em pé na cidade. Construída inicialmente em taipa e palha no segundo quartel no século XVIII, teve a capela-mor construída em pedra e cal em 1755, seguindo-se então os trabalhos até sua conclusão. Foi a Matriz de Fortaleza de 1821 à 1854. Sofreu reparos para sua conservação em 1855 e 1872, tendo dessa forma alguns elementos descaracterizados.

1912 - Praça General Tiburcio vendo-se a Igreja do Rosário

Postal antigo da Igreja do Pequeno Grande

Igreja do Pequeno Grande - Postal antigo

Postal Igreja Cristo Rei - Anos 30

Antiga catedral da de Fortaleza, 1900 - Acervo - Thomás de Matos - MIS

Antiga Catedral

Antiga Catedral - Anos 30

Fotografia da Antiga Catedral da Sé, que existiu até 1938
Crédito da foto - Arquivo Nirez

O projeto da nova Catedral foi de autoria do engenheiro francês Georges Mounier

Primeiramente em Fortaleza, a Capela de Nossa Senhora da Assunção, localizada dentro da Fortaleza de Nossa Senhora da Assunção, era a única igreja da região que se tem registro até 1699. Depois desta data, uma Ordem Régia determinou que fosse construída uma igreja na cidade, esta seria a Igreja Matriz. Porém, somente em 1795, quando o padre Antônio Alvares de Carvalho contrata José Gonçalves Ferreira Ramos é que a obra será terminada. No entanto, em 1820, foi feita uma vistoria nesta igreja e ela acabou sendo demolida por estar completamente deteriorada. Imediatamente, foi iniciada a construção de uma outra igreja. Esta seria a Igreja de São José, cuja construção terminara somente em 1854. Quando Dom Luis Antônio dos Santos foi nomeado Bispo do Ceará, em 1861, a Igreja de São José passou a ser a Catedral. Esta passou a ser, desde então, o regulador da cidade, pois nela existia um grande relógio e todas as pessoas se guiavam por ele. Heis que chega em Fortaleza, um baiano que se tornará uma das figuras mais importantes do Estado no âmbito religioso e social, tanto que seu nome ainda figura numa das principais avenidas de Fortaleza (Avenida Dom Manoel). Manoel da Silva Gomes, nascido em 1874 na Bahia, foi o terceiro Bispo do Ceará e o primeiro Arcebispo de Fortaleza, ele era uma pessoa muito admirada e estimada na cidade por causa de seu posicionamento caridoso. Dom Manoel foi responsável por muitas obras de caridade, como o Circulo Operário Cristão, e fundou ainda o jornal "O Nordeste". Ficou conhecido nacionalmente como o "Bispo da Seca", porque não cansava de viajar para o sul do país para pedir ajuda às vítimas da seca no Ceará. Em 1938, foi feita nova vistoria na Catedral e foi detectado de novo o seu completo deterioramento. Depois de muito refletir, Dom Manoel decidiu que a Igreja deveria ser demolida para que uma outra fosse construída em substituição. Esta decisão causou uma grande polêmica na cidade, pois toda a população estava contra a demolição da Igreja. Mas Dom Manoel alegou que a qualquer momento o teto poderia desabar na hora da missa. Então, ele não teve mais dúvidas, resolveu que a demolição da Igreja seria a única solução segura e correta. Todo material da Igreja fora transferido para a Igreja do Rosário, que foi a Catedral provisória enquanto a construção da outra Igreja não acabava. Em Agosto de 1939, a pedra fundamental desta Igreja foi lançada, início simbólico da edificação desejada. O projeto é de autoria de um engenheiro francês chamado Georges Mounier, que viera para o Brasil durante a 2ª Guerra mundial e trabalhava em Recife. O Arcebispo planejou campanhas com intenção de angariar fundos para a construção da nova Matriz. Houvera muitas doações de particulares e dos poderes públicos, porém não eram suficientes. Só em 1964, quando foi organizada uma nova Comissão de Construção da Catedral é que os serviços se adiantaram. Quando o Cardeal Dom Aloísio Lorscheider assumiu o Arcebispado de Fortaleza as obras se aceleraram mais ainda. Até que, em 1978, a construção acabou e finalmente a Igreja pôde ser inaugurada. Foram quase quarenta anos e CR$ 18 milhões gastos na construção. "A obra demorou exatamente 39 anos, quatro meses, sete dias e três horas, segundo informações sucintas do padre Tito Guedes. Desde1964 à frente do curato da Sé." A nova Catedral foi inaugurada no dia 22 de Dezembro de 1978 e ela continua a ser a Catedral até os dias de Hoje. Localizada na Praça da Sé, a atual Catedral herdou da antiga o conjunto de sinos que ainda hoje estão badalando no alto de suas torres de 75 metros de altura. A Planta arquitetônica é em forma de H, sendo que o seu espaço interno é dividido em três naves, uma central e duas laterais, onde estão distribuídos os 375 bancos de madeira. A igreja tem capacidade para um total de 5.000 pessoas. O estilo tem influências do românico e do gótico e isso dá o estilo eclético. Com seus 90 metros de comprimento e 45 metros na parte mais larga (transeptos), na Igreja ainda existem a Capela do Ressuscitado e a do Santíssimo Sacramento, ambas encontram-se na Cripta da Igreja. Esta Cripta foi projetada pelo engenheiro Luciano Pamplona e dedica aos adolescentes. Uma das muitas curiosidades deste lugar é que no altar nós encontramos a imagem de Jesus Cristo adolescente e também estão enterrados os restos mortais de algumas pessoas, tais como: Dom Manoel da Silva Gomes, Dom Antônio de Almeida Lustosa, Monsenhor José Quinderé e Monsenhor Tito Guedes Cavalcante. No interior da Catedral ainda podemos ver maravilhosos vitrais que figuram passagens da Bíblia e personagens eclesiásticos (alguns papas e bispos importantes para o Ceará). Fonte: Ofipro

Construção da Catedral - Nirez

Catedral em construção - Arquivo Nirez

Igreja Nossa Senhora dos Remédios - Benfica / Arquivo Nirez

Igreja de São Pedro - Praia de Iracema/ anos 50 - Arquivo Nirez

Crédito da foto - Jornal OPovo

Igreja S. Coracão de Jesus - Postal antigo

Antiga Igreja Sagrado Coração de Jesus, antes de ser demolida - Jornal OPovo

Crédito: IBGE, Enciclopédia - 1959
A construção da Igreja Sagrado Coração de Jesus começou em 1878 e terminou em 1886. A obra foi encomendada pelo casal Albano para um de seus filhos, Antônio Xisto Albano, que estava na Europa se preparando para ser padre e chegou a ser nomeado bispo do Maranhão. Em 1901 ele convidou os capuchinhos para tomar conta da igreja. A primeira construção se assemelhava à Igreja do Carmo. Em 1952, os engenheiros Luciano Pamplona e Valdir Diogo aumentaram a altura da torre e colocaram um imenso relógio trazido de Roma na fachada. Cinco anos depois, em 1957, a torre cedeu e soterrou a entrada da igreja. Não houve vítimas. Em 2001, pequenas reformas marcaram o centenário dos capuchinhos no Ceará. A cúpula ganhou pintura nova. O painel externo inspirado no Cântico do Irmão Sol de São Francisco de Assis, feito em 1961 com pastilhas coloridas, foi substituído por um em alto-relevo.

Anos 50 - Igreja Nossa Senhora das Dores/ Otávio Bomfim

Igreja N.Sra. das Dores - 1960

Igreja do Patrocínio - Anos 40

Crédito - Livro Royal Briar, a Fortaleza dos anos 40, de Marciano Lopes
Praça José de Alencar, Lado Norte ( Rua Guilherme Rocha, 24 de Maio, Liberato Barroso, General Sampaio). Faz frente à Praça do Marquês de Herval pelo lado do norte, é modesta, regular em proporções, asseada e recomenda-se pela singeleza dos ornatos, que são todos de deslumbrante alvura. Não tem dourados. Externamente, a sua torre, esguia e fina, que se levanta pôr sobre a porta principal, dá-lhe ar alegre e atrativo. Em 1849 o cabo de Esquadra Fortunato José da Rocha, disparando um tiro contra o capitão Jacarandá, acertou no joelho do alferes Luís da França Carvalho, quem em ocasião conversava com dito capitão . França, vendo-se em perigo de vida, fez voto a N.S. do Patrocínio, se escapasse, iria erigir-lhe uma Igreja; e de feito no dia 2 de fevereiro de 1850 foi lançada a primeira pedra. Aquele oficial demorou-se pouco tempo em Fortaleza. Os trabalhos da Igreja iam muito vagarosamente, de sorte que só ao fim de cinco anos foi que se levantou o travejamento da capela-mor. Apesar do auxílio de particulares e das Assembléias Provinciais pôr diversas vezes, os materiais que de ordem do Governo lhe foram dados no período da seca, só chegou a concluir-se devido aos esforços do cônego João Paulo Barbosa, atual vigário, Sociedade Auxiliadora dos Templos. A Planta foi fornecida pelo mestre Antônio da Rosa e Oliveira. Em 1855 foi concluído o travejamento da Capela-Mor, uma associação de fiéis construi a Capela-Mor à Nossa Senhora do Patrocínio 1859 -1860 e depois fundou uma irmandade; nessa capela celebrava o Padre Pompeu depois Senador Pompeu. Em 15 de Outubro de 1879 a Capela foi elevada a Freguesia João Paulo Barbosa cônego, formado pelo Seminário da Prainha implementou a construção do templo, fez o corpo da Igreja, ampliou a Capela-Mor, e fez o Altar-Mor de madeira; a obra só foi concluída entre 1896 e 1924 . Apresenta uma arquitetura simples no estilo românico e com ausência de decoração rebuscada e objetos de valor no seu interior. Durante muito tempo foi cartão-postal da cidade e rainha da praça. Em 1975 foram demolidas as escadarias laterais. Possui forro e Altar-Mor de madeira decorado com um grande afresco, cenas da via sacra em gesso circundando o templo e alguns vitrais. A praça José de Alencar anterior a 1870 se chamou do Patrocínio por causa da Igreja. Fonte: Ofipro

Igreja do Patrocínio - 1942 - Missa para as vítimas dos Nazistas na Segunda Guerra - Arquivo Thomás de Matos/MIS

Construção da Igreja nossa senhora de Fátima - Arquivo Nirez

Igreja de Fátima - Antiga - Arquivo Nirez

Construção da Igreja de São Benedito

O Santuário de São Benedito foi inaugurado em 3 de agosto de 1938, pelo Arcebispo Dom Manuel da Silva Gomes. Em 1968 o Santuário ganhou status de Paróquia, por meio de Decreto assinado por Dom José de Medeiros Salgado e tendo como 1º vigário o Padre Pedro Hansen. Em 1972, Padre André Van Der Staak sucedeu o Pe. Pedro, estabelecendo a divisão do perímetro da paróquia por quadras, com responsáveis para visitas às casas. Dentre outras ações, Pe. André iniciou ainda o jornal da Paróquia e o trabalho social na Vila da Condessa. Dando continuidade aos movimentos criados por seus antecessores, Pe. Renato Bivort assumiu a Paróquia em 1982, criando o dízimo na mesma e dedicando-se ao movimento das madrinhas dos seminaristas. Os três primeiros seminaristas do Santuário. Atualmente a Paróquia é comandada por Pe. Jackson Alcântara que foi designado para a missão em 11 de setembro de 2005, com a saída de Pe. Armindo Magalhães. Em apenas quatro meses, o novo Pároco já conseguiu realizar grandes feitos no Santuário como a criação de novas pastorais e a estruturação da Pastoral Social. Fonte e foto: Portal Igreja São Benedito

Igreja de São Benedito

Igreja do Bom Jesus dos Aflitos, bairro Parangaba

Crédito: Claudio Lima
A Igreja do Senhor Bom Jesus dos Aflitos teve sua origem durante o processo de colonização e de instalação das missões e aldeamentos jesuítas e da ocupação indígena no Ceará, por volta de 1664.


°°°~~°°°~~°°°

Observação- Essa não é uma postagem religiosa, e sim, histórica!

Crédito: Fortal

7 comentários:

  1. Descobri seu blog há poucos dias mas tive a impressão de que já o conhecia...sou leitora assídua de blogs e não foi difícil reconhecer postagens de outros blogs que tratam do mesmo tema: Fortaleza. Tudo bem, na Internet nada se cria, tudo se copia...mas dê os créditos. Fica mais elegante.

    ResponderExcluir
  2. Qual parte do "Crédito: Fortal" vc não viu?!?!?!?!

    ResponderExcluir
  3. Vc tbm não conseguiu vê

    OPovo?
    Arquivo Nirez?
    Thomás de Matos-MIS?

    "Na internet nada se cria, tudo se copia"

    Nem tudo, mas respeito seu ponto de vista.

    Julgar é a coisa mais fácil do mundo...

    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Oi linda, amei seu blog, eu já estava
    alguns dias procurando materia para um
    trabalho de escola e seu blog me ajudou
    muito. Parabéns
    Concordo com você, julgar é fácil, dificil
    é fazer. Ao invés dessa pessoa ficar falando
    besteira, devia tentar fazer melhor então
    isso é que eu duvido

    ResponderExcluir
  5. OLA, LEILA, SEU BLOG, ERA TUDO QUE EU ESTAVA PROCURANDO, PARA UM CONTEUDO DE TRABALHO ACADEMICO.
    MUITO BOM

    ResponderExcluir
  6. Respostas
    1. Boa tarde Leila precisando urgentemente de fotos da igreja de nossa senhora do perpetuo socorro no carlito pamplona. pode me ajudar?

      Excluir

NOTÍCIAS DA FORTALEZA ANTIGA: