Fortaleza Nobre | Resgatando a Fortaleza antiga : Casa do presidente do Estado [notification_tip][/notification_tip]
Fortaleza, uma cidade em TrAnSfOrMaÇãO!!!


Blog sobre essa linda cidade, com suas praias maravilhosas, seu povo acolhedor e seus bairros históricos.


terça-feira, 3 de agosto de 2010

Casa do presidente do Estado


AVENIDA SANTOS DUMONT

No final da Segunda década do século passado, foi construída a casa que ilustra a foto mais antiga, era a Vila Quixadá, que ficava na Avenida Santos Dumont nº 1169, construída por Adolfo Quixadá para sua residência. Após alguns anos foi alugada ao governo estadual que a usou como residência do Presidente do Estado.
Em 1930 a casa volta às mãos da família Quixadá e nela inaugurava-se, no dia 6 de março o Ginásio São João, dirigido pelo professor César de Adolfo Campelo e que em 1943 passou a ser Colégio São João.
A Segunda foto, colhida pela objetiva da Aba Film, data de 1938 e mostra o Ginásio São João que tem em seu lado esquerdo o campo de esportes. Na avenida, calçada com paralelepípedo, vemos os trilhos dos bondes elétricos, cuja fiação está nos postes da Light and Power. Do outro lado, os postes da telefônica.
Em 1976, o colégio foi vendido para a Organização Farias Brito, mudando o nome para Farias Brito-Aldeota/1.

Depois a casa foi vendida e em seguida demolida, sendo levantado no local um novo prédio que abriga hoje um supermercado.
A foto atual mostra a loja do "Supermercado Pão de Açúcar" com seu extenso estacionamento e muitas árvores que deste ângulo dificultam a visão do novo prédio.


Créditos: Portal do Ceará e Arquivo Nirez

5 comentários:

  1. Conheci pouco, a alta Aldeota. Não lembro desta casa (primeira foto). Era um bonito casarão. Ouvia falar do Ginásio São João.Depois do FB Aldeota.
    Eu conhecia bem o antigo Outeiro, qie era aquele início da hoje Aldeota. Aquele início da Santos Dumont, até o Cristo Rei.
    Neste post a gente percebe bem quantas mudanças ocorrem em menos de um século.

    Meu filho estudou no Farias Brito da Barão do Rio Branco. Na décade de 1950 eu estudei naquele local, no Instituto Demócrito Rocha. Era uma linda casa, conjugadas à outras, que foram adquiridas pelas Organizações Farias Brito e demolidas. Hoje, o FB da Barão(Centro) ocupa uns três quarteirões. Tudo alí se transformou, em apenas meio século.

    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  2. Nossa! Vc e seu filho estudaram no mesmo local em décadas diferentes, muito interessante! :D

    A casa do presidente do estado, era sem dúvida um casarão esplendoroso.

    Kiss smack!

    ResponderExcluir
  3. Pois é, Leila. Estive 25 anos ausente de Fortaleza (vindo só de férias esporádicas,não dando pra perceber, logo, as mudanças), como já disse aqui..
    Quando fui matricular o Rodrigo no FB,recém chegada do Rio, lembrei-me logo do Prof. Nertam e da Professora Zuleide (Peres Mota), que era irmã de um deputado estadual, Aquiles Peres Mota.Este casal era dono do Instituto Demócrito Rocha.
    Êle era excelente profesor de Matemática e ela, também exelente, ensinava Português.
    Era 1952 e eles preparavam os alunos para o Exame de Admissão ao Ginásio (já ouviu falar? rsrsr).
    Modéstia à parte, e grande mérito desses dois mestres, passei "com louvor"..rsrsrsr, no tal Exame de Admissão!

    É, o DR, virou FB!!!!
    Eu fui DR e meu filho foi FB, pois, pois!!!
    Boa note, querida!)

    ResponderExcluir
  4. Que coincidência incrível, muito interessante!

    Nunca tinha ouvido falar em exame de admissão ao ginásio rsrsrsrs devia ser complicado entrar no ginásio naquela época, só estudando muito, por isso, parabéns por ter passado com louvor! rsrs

    Bela noite!

    ResponderExcluir
  5. Você já me disse, aqui no blog, da importância dos livros...incentivar a leitura, nos filhos.Sempre vivi cercada de livros e de escritores, foi só isso: SIMPLES ASSIM!!!!

    O Exame de Admissão, era um "vestibular", com uma diferença, havia exame oral: de Português, Aritimética(Matemática), História e Geografia.
    Eu tremia, como vara verde, no exame oral.
    No Ginásio, eram 11 disciplinas (cadeira, na época), dentre elas Latim....e por aí vai..rsrsr.

    Vale à pena, estudar a História da Educação Brasileira . Já lecionei esta disciplina, nas Liceciaturas de uma Universidade. Sou apaixonada, pelo ensino/educação.

    Beijos, querida, eu volto!!!!

    ResponderExcluir

NOTÍCIAS DA FORTALEZA ANTIGA: