Fortaleza, uma cidade em TrAnSfOrMaÇãO!!!


Blog sobre essa linda cidade, com suas praias maravilhosas, seu povo acolhedor e seus bairros históricos.


sábado, 12 de junho de 2010

Escola de Jesus, Maria, José


Foto de 1925

RUA CORONEL FERRAZ - ESCOLA DE JESUS, MARIA, JOSÉ

A Escola de Jesus, Maria, José, consagrada aos meninos desvalidos, teve construção iniciada em 14 de setembro de 1902 e inaugurada no dia 22 de janeiro de 1905, sob os auspícios de Dom Joaquim José Vieira, Bispo do Ceará.

A foto antiga, que data de 22 de janeiro de 1905, dia da inauguração do estabelecimento, conseguimos através de cartão postal da época, propriedade da "Libro-Papelaria Bivar". Devido à quantidade de pessoas que estão em frente ao prédio, não nos é possível ver o muro com grades de ferro que havia então e que hoje não mais existe.

A casa ainda existe, como pode ser vista na segunda foto, mas sem o muro da frente, como já foi dito acima. A casa já foi Serviço de Profilaxia, Cine Paroquial, auditório da Rádio Assunção Cearense, que tinha seus estúdios vizinho, pela rua Visconde de Sabóia, Organizações O Gabriel, a Marcosa, firma de venda de equipamentos pesados para agricultura, como tratores e depois funcionou a Escola Nossa Senhora Aparecida.

Vemos em frente a curva dos trilhos dos bondes de tração animal que faziam a linha do Outeiro (atual Aldeota), vindo do centro da Cidade pela atual Rua Sobral, passando em frente ao Palácio do Bispo (hoje Paço Municipal), entrando na Rua São José, dobrando na Rua Visconde de Sabóia, Coronel Ferraz, que é esta da foto e seguindo pela Avenida Santos Dumont.

As diferenças entre as fotos são basicamente as mesmas das demais ruas já mostradas aqui no blog: calçamento substituído pelo asfalto, advento do meio-fio, iluminação pública elétrica, postes de concreto, sinalização de trânsito e também a presença nefasta dos grafiteiros, além dos aparelhos de ar condicionado.

Bonde de tração animal passando entre a Escola Jesus, Maria José e a Igreja do Pequeno Grande - Arquivo Nirez

Foto de Ricardo Sabadia

Detalhe da entrada da Escola - Foto de Ricardo Sabadia

Hoje, o prédio corre risco de desabamento, alerta a Defesa Civil - Arquivo O Povo

Fatos Históricos

->14/setembro/1902 - Lançada a pedra inicial do Colégio Jesus Maria José, destinado aos meninos pobres, na Rua Coronel Ferraz nº 120.

->22/janeiro/1905 - Inaugura-se, em Fortaleza, a Escola Jesus Maria José sob os auspícios de Dom Joaquim José Vieira, para os meninos desvalidos, dirigida por irmãs de Caridade.
A construção se iniciou em 14/09/1902, na Rua Coronel Ferraz ao lado da Igreja do Pequeno-Grande, compreendendo todo o quarteirão da Rua Visconde de Sabóia até a Rua do Pocinho.
Depois, funcionou no prédio, o Serviço de Profilaxia, o Cine Paroquial, a Rádio Assunção Cearense, Organizações O Gabriel, a Marcosa e por último, a Escola Nossa Senhora Aparecida.

->1980 - A Escola Nossa Senhora Aparecida, fundada em 1963, muda-se para o prédio da antiga Escola Jesus Maria José, na Rua Coronel Ferraz nº 120, sendo transferida da paróquia do Cristo Rei passando a pertencer à Paróquia da Catedral.



Saiba Mais


Durante os primeiros anos do século XX, devido às constantes secas e à falta de recurso do Estado, coube ao bispado cearense dar conta da educação e da evangelização de grande número de crianças desvalidas. Para tanto, inicia a construção da Escola Jesus, Maria e José em 14 de setembro de 1902, sob a atenção de Dom Joaquim José Vieira, 2º Bispo do Ceará, sendo inaugurada em 22 de janeiro de 1905 e dirigida por irmãs de caridade da congregação de São Vicente de Paulo: “O mais belo patrimônio moral das nossas tradições”.

A referida escola nasce para implementar, através da educação infantil, um modelo de orientação moral e de atuação do sacerdócio no Ceará. Em regra, essa era uma prática comum de religiosos em busca de aceitação e prestígio; prova disso é que lá o ensino era baseado no estudo prático da escrita, da matemática, da leitura, voltada para as artes e ofícios, e o aprendizado das “instruções religiosas”. Com isso, tais religiosos, apoiados pelo governo, listam a Escola Jesus, Maria e José entre os primeiros prédios construídos para atender demandas escolares, pois, segundo Plácido Castelo, a normatização desse tipo de edificação acontecerá apenas em 1905, embora existissem o Liceu (1845) e a Escola Normal (1884).

O prédio da escola foi tombado em 05 de dezembro de 2007


Fonte: Portal do Ceará/Gildácio Sá/http://www.fortaleza.ce.gov.br/

11 comentários:

  1. Estudei no Justiniano,na década de 1950, e frequentava o Paroquial (como se chamava na época a antiga escola Jesús Maria José). Depois fui lá algumas vezes quando Rádio Assunção. Lamentável ver esse prédio se deteriorando.Amo Fortaleza e como sofro vendo tanto de seu patrimônio sendo destruido.
    Parbéns por este "blog".... agente tem, ao menos, estas belas imagens e a história contada!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Lúcia, amei seu comentário!!!
    Realmente lamentável o que andam fazendo com nossa memória...

    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Quando eu trabalhava na Dom Manuel, passava por ali todos os dias e ficava maravilhada com os detalhes do prédio mesmo ele sofrendo com as ações do tempo e a falta de zelo dos órgãos públicos com a história viva que é representada através de lugares como este.

    ResponderExcluir
  4. Trabalhei durante 10 anos nesse prédio (1991-2001), quando era Escola Nossa Senhora Aparecida. O prédio era alugado à Profa. Maria de Lourdes Melo. Esse prédio pertence à Catedral de Fortaleza, se não me engano. Foi pedido sua desocupação, porque seria alugado a um banco, que o restauraria e daria vida nova a ele. Mas não foi isso que aconteceu. Bem ou mal, o funcionamento da Escola nesse local, conservaria o prédio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem dúvida, André!
      Se ainda hoje a Escola Nossa Senhora Aparecida funcionasse no prédio, ele não se encontraria em estado tão deplorável, lamentável essa atitude da Arquidiocese de Fortaleza.

      Abraços

      Excluir
  5. fico muito triste em ver o local onde passei os meus melhores anos estudando na escola nossa senhora aparecida ,queria ver muito esse prédio reformado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa tristeza tbm é minha, Marcela, inacreditável q um prédio daqueles, com o valor histórico que tem, continue naquele estado deplorável...

      A última notícia q eu tive, era q desde 2006 o prédio aguarda restauro para abrigar a Casa da Fotografia, estou aguardando...

      Excluir
  6. Fico muito triste em ver a escola onde estudei dessa forma queria muito ver esse prédio histórico reformado,lamento muito.

    ResponderExcluir
  7. Estudei nesta escola. Lá vivi os melhores anos de minha mocidade. É uma pena vê-lo assim!

    ResponderExcluir
  8. Eu tbm estudei nessa escola, e guardo muitas recordações maravilhosas desse tempo. Meu desejo é que esse prédio fosse restaurado!

    ResponderExcluir
  9. Minha irmã estudou nesse prédio quando lá funcionava a Escola Nossa Senhora Aparecida, ele já eram mal cuidado nessa época, mas agora está de dar pena!! Espero que o tombamento traga, efetivamente, melhorias para a estrutura desse prédio histórico e lindo!!

    ResponderExcluir